Geral
publicado em 04/10/2012 às 13h28:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Prefeitura de São Paulo
Cachorro no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em São Paulo, esperando por adoção
  « Anterior
Próxima »  
Cachorro no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em São Paulo, esperando por adoção

Campanha contra abandono de animais contribui na prevenção de doenças em SP, atenta zootecnista e coordenadora do projeto Cão Cidadão da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Maria Luiza Poiatti. Nesta quinta-feira (4), em busca de coibir o abandono de animais, problema que afeta a maiorias dos parques estaduais, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SMA) promove o lançamento de uma série de placas de conscientização sobre o abandono.

Segundo a especialista, "a importância da campanha recai, principalmente, sobre a questão sanitária. Esses animais abandonados podem ser um veículo de transmissão de doenças, o que a gente chama de zoonoses. São doenças que são adquiridas pelos animais e podem ser transmitidas ao homem e vice-versa", afirma.

Poiatti alerta para o fato de existirem algumas regiões endêmicas para doenças. Segundo ela, um exemplo de doença que pode ser transmitida é a leishmaniose. "Os animais abandonados ao contraírem o protozoário Leishmania, podem se transformar num foco de transmissão de doenças que podem passar para uma transmissão humana", diz.

Campanha

O material compreende 20 placas de caráter educacional que destacam o aspecto legal do abandono, considerado crime por ser uma cruel forma de maus-tratos a animais. Elas serão dispostas nos principais acessos aos parques e em pontos críticos de abandono, segundo levantamento dos grupos voluntários. Das 20 placas, 12 serão instaladas no Parque Estadual Alberto Löfgren, principal palco de atuação dos grupos protetores dos animais, quatro no Parque Villa-Lobos e as outras quatro aguardam definição. Outras áreas naturais, da capital e do interior, serão contempladas nos meses seguintes e durante o próximo ano.

Além das placas, a SMA confeccionou 100 mil folhetos " Abandono de animais nos parques" para dar continuidade à distribuição nos parques estaduais e conscientizar funcionários e visitantes. Todo esse material, desenvolvido pelo setor de comunicação da Secretaria de Meio Ambiente em parceria com as entidades protetoras em março de 2012, faz parte das ferramentas utilizadas pela SMA para colaborar com o combate ao abandono.

"Se a pessoa não pode ficar mais com o animal, faça um doação. Procure levar num abrigo ou centro de zoonoses do município", conclui a coordenadora.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
abandono de animais    Secretaria de Meio Ambiente    Cão Cidadão    Universidade Estadual Paulista    Unesp   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.