Geral
publicado em 28/09/2012 às 13h30:00
   Dê o seu voto:

Consumo regular de cerejas reduz risco de crises de gota em 35%

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Spotty/Foto Stock
Consumo de cereja pode reduzir em 35% as crises de gota
  « Anterior
Próxima »  
Consumo de cereja pode reduzir em 35% as crises de gota

Cientistas da Universidade de Boston, nos EUA, descobriram que o consumo de cerejas reduz o risco de crises de gota em 35%.

Os resultados sugerem que a incidência das crises da doença reumatológica foi 75% menor quando a ingestão da fruta foi combinada com o uso da droga que reduz úrico ácido, alopurinol.

Pesquisas revelam que 8,3 milhões de adultos nos EUA sofrem com a gota, artrite inflamatória desencadeada por uma cristalização de ácido úrico nas articulações que causa dor e inchaço. Embora existam muitas opções de tratamento disponíveis, pacientes com gota continuam a ser afetados por ataques recorrentes.

Estudos anteriores mostraram que produtos contendo cereja reduzem o ácido úrico e têm efeitos anti-inflamatórios e, portanto, podem ter o potencial para reduzir a dor da gota. No entanto, nenhum estudo havia avaliado se o consumo de cereja pode diminuir risco de crises de gota.

Agora, o pesquisador Yuqing Zhang e seus colegas recrutaram 633 pacientes com gota, que foram acompanhados por um ano. Os participantes foram questionados sobre a data de início da gota, sintomas, medicamentos e fatores de risco, incluindo consumo de extrato de cereja e cereja nos dois dias antes das crises gota.

Os participantes tinham idade média de 54 anos. Desses indivíduos com alguma forma de ingestão de cereja, 35% comeram cerejas frescas, 2% de extrato de cereja, e 5% consumiram tanto cereja fresca quanto extrato de cereja. Investigadores documentaram 1.247 ataques de gota durante o período de um ano de acompanhamento.

"Nossas descobertas indicam que o consumo de cerejas ou extrato de cereja reduz o risco de crises de gota. O risco de ataques agudos diminui ainda mais com o aumento do consumo de cereja, até três porções ao longo de dois dias", afirma Zhang.

Segundo os pesquisadores, o efeito protetor do consumo de cereja persistiu após levado em conta o sexo, a massa corporal (obesidade), a ingestão de álcool, diuréticos e medicamentos antigota.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cereja    Gota    Crises de gota    Doença reumatológica    Universidade de Boston    Yuqing Zhang   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Consumo regular de cerejas reduz risco de crises de gota em 35%
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Consumo regular de cerejas reduz risco de crises de gota em 35%


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Cereja    gota    crises de gota    doença reumatológica    Universidade de Boston    Yuqing Zhang   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.