Geral
publicado em 26/09/2012 às 11h28:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Divulgação/Trends
Encontrada proteína no olho com capacidade de matar patógenos
  « Anterior
Próxima »  
Encontrada proteína no olho com capacidade de matar patógenos

Cientistas da Universidade da Califórnia, nos EUA, descobriram que pequenos fragmentos da proteína queratina presentes no olho desempenham um papel fundamental na defesa contra patógenos.

A descoberta sugere que a proteína pode levar à produção de novas drogas antimicrobianas de baixo custo.

"O que é realmente animador é que as queratinas em nosso estudo já estão no organismo humano, por isso sabemos que elas não são tóxicas, e que eles são biocompatíveis. O problema com moléculas antimicrobianas que ocorrem naturalmente identificadas em pesquisas anteriores é que elas eram ou tóxicas ou facilmente inativadas", afirma a principal pesquisadora Suzanne Fleiszig.

As novas proteínas foram obtidas a partir da citoqueratina 6A, uma das proteínas dos filamentos que se ligam de modo a formar uma malha por todo o citoplasma das células epiteliais.

"Nós costumávamos pensar que citoqueratinas eram proteínas principalmente estruturais, mas nosso estudo mostrou que esses fragmentos de queratina também têm capacidade antimicrobiana. A citoqueratina 6A pode ser encontrada nas células epiteliais da córnea humana, bem como na pele, cabelo e unhas. Estas são todas as áreas do corpo que estão constantemente expostas a micróbios, por isso faz sentido que elas sejam parte da defesa do organismo", observa a principal autora do estudo, Connie Tam.

Os pesquisadores chegaram até a citoqueratina 6A quando examinavam a notável resistência do olho à infecção. Eles perceberam que a superfície do olho, ao contrário de outras superfícies do corpo, não tem bactérias que vivem nela, e que o tecido da córnea é capaz de eliminar vários patógenos em experimentos de cultura de laboratório.

Na busca por um mecanismo de proteção, eles cultivaram células epiteliais corneanas humanas e as expuseram à bactéria P. aeruginosa. Eles usaram espectrometria de massa para separar quais peptídeos eram mais ativos na luta contra as bactérias e descobriram que peptídeos derivados da citoqueratina 6A foram os vencedores.

Eles, então, utilizaram técnicas de silenciamento de genes para reduzir a expressão da citoqueratina 6A na córnea de ratos. Com uma defesa fundamental desativada, a quantidade de bactérias que aderiram às córneas aumentou cinco vezes.

Os testes mostraram que fragmentos derivados de citoqueratina 6A podem matar rapidamente as bactérias em água e em solução de soro fisiológico, indicando que o sal contido em lágrimas humanas não dilui a eficácia da proteína.

Outras experiências indicaram que fragmentos citoqueratina 6A impediu as bactérias de atacar as células epiteliais, e que as proteínas de membranas bacterianas mataram o patógeno em questão de minutos.

Segundo os pesquisadores, mais pesquisas podem revelar numerosos fragmentos de queratina diferentes no sistema de defesa inato do corpo. "Queratinas podem representar uma nova classe de agentes antimicrobianos com potencial de ser concebido para matar patógenos específicos", conclui Tam.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Proteína    Queratina    Citoqueratina 6A    Antimicrobiana    Universidade da Califórnia    Suzanne Fleiszig   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Proteína    queratina    citoqueratina 6A    antimicrobiana    Universidade da Califórnia    Suzanne Fleiszig   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.