Geral
publicado em 17/09/2012 às 11h21:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Equipe de pesquisadores da Universidade da California, nos EUA, desenvolveu um dispositivo capaz de detectar o vírus da Aids dormente escondido em células humanas.

A abordagem vai permitir compreender e superar um dos mecanismos menos conhecidos da infecção pelo HIV, a latência persistente do vírus.

O novo método permite controlar precisamente o ciclo de vida das células do indivíduo infectado com o vírus da Aids e melhorar o tratamento de pacientes infectados.

Os atuais medicamentos antirretrovirais não matam o HIV, apenas o mantém em estado de dormência, o que significa que as pessoas com HIV devem continuar uma vida inteira de tratamento com remédios para não desenvolver a doença. Se eles param a terapia, o vírus latente "desperta" dentro de poucas semanas e começa um novo ataque contra o sistema imunológico do corpo.

A descoberta aparece no momento em que os pesquisadores começam a flaar em uma possível cura para a Aids. No entanto, a compreensão e, consequentemente, a interrupção da latência do HIV, é um elemento-chave no esforço para descobrir uma cura para a doença devastadora.

Segundo os pesquisadores, as técnicas existentes que tentam desvendar os mecanismos celulares e virais por trás da latência do HIV são ineficientes.

A nova técnica apresenta um caminho claro para a compreensão de como a latência do HIV é regulada dentro de uma única célula, através do rastreamento das células individuais que tradicionalmente tinham sido difíceis de controlar.

Leor Weinberger e seus colegas conceberam um sistema inteligente que, essencialmente, guia e suspende células T infectadas pelo HIV em pequenos canais como capilares, reduzindo a capacidade de se mover ou separar de células vizinhas.

Primeiro, eles colocam as células T em um 'poço' pequeno, onde elas ficam no fundo, que é preenchido com nutrientes que mantém as células bem alimentadas e sem stress. Em seguida, eles inclinam o dispositivo e as células escorregam para uma lâmina na forma de dedos, semelhantes a canais que estão ligados ao poço. Finalmente, colocam o aparelho na posição vertical, bloqueando cerca de 25 células T dentro de cada canal e, essencialmente, congelando-as no lugar.

De acordo com os pesquisadores, o dispositivo tem várias vantagens sobre os métodos correntes. Em primeiro lugar, as células individuais permanecem paradas para que os investigadores possam acompanhá-las por um longo período de tempo. Em segundo lugar, o fato de cada uma das células T estar suspensa em contato com nutrientes de outras células representa uma condição quase ideal para a manutenção das células infectadas vivas durante todo o ciclo de vida do vírus.

"Isso significa que agora temos o potencial para analisar todo o período de uma infecção por HIV em uma célula individual, especialmente durante a fase de latência crucial, sobre a qual sabemos muito pouco", afirma Weinberger.

A equipe espera que a abordagem possa permitir a criação de um tratamento capaz de impedir o vírus latente de se esconder, de uma vez por todas.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Aids    HIV    Vírus HIV    Estado de latência    Universidade da California    Leor Weinberger   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Aids    HIV    vírus HIV    estado de latência    Universidade da California    Leor Weinberger   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.