Geral
publicado em 14/09/2012 às 20h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas do Wake Forest Baptist Medical Center, nos EUA, descobriram que um implante neural é capaz de recuperar, e até mesmo melhorar, a capacidade de tomar decisões de macacos com funcionamento cognitivo normal interrompido.

A pesquisa pode ajudar os médicos a recuperar funções específicas do cérebro de pessoas que sofrem com doença ou lesões cerebrais.

Os cientistas usaram um sistema de prótese eletrônica para tocar em circuitos existentes no cérebro a nível celular e registrar os padrões de disparo dos neurônios no córtex pré-frontal, a parte do cérebro envolvida na tomada de decisão.

Eles, então, mandaram a gravação de volta para a mesma área do cérebro para estimular eletricamente a decisão baseada na atividade neural. A técnica não só restaurou a função cerebral, mas, em alguns casos, também a melhorou.

"A prótese é como ' apertar um botão' para ligar uma decisão em tempo real", explica o autor sênior Sam Deadwyler.

A equipe treinou cinco macacos para combinar várias imagens em uma tela de computador, até que acertassem entre 70 e 75% das combinações. Primeiro, uma imagem apareceu na tela e os animais foram treinados para selecioná-la usando um cursor. A tela então ficou em branco por até dois minutos, em seguida reapareceram entre 2 a 8 imagens, incluindo a primeira, na mesma tela.

Quando os macacos escolhiam corretamente a imagem, o dispositivo protético eletrônico registrava o padrão de impulsos neurais associados com a sua decisão.

Na fase seguinte do estudo, a cocaína, droga conhecida por perturbar a atividade cognitiva, foi administrada aos animais para simular lesão cerebral. Quando os animais repetiram a tarefa imagem-seleção, sua capacidade de tomada de decisão diminuiu 13% do normal. No entanto, durante essas "sessões de drogas", a prótese detectou quando os animais estavam propensos a escolher a imagem errada e enviou a mensagem gravada de volta, corrigindo o funcionamento cognitivo.

De acordo com os resultados do estudo, o dispositivo foi extremamente eficaz em restaurar a capacidade de tomada de decisões prejudicada pela cocaína e, até mesmo, melhorá-la, mesmo quando a droga ainda estava presente e ativa.

Com base nos resultados do estudo, a equipe espera, no futuro, desenvolver uma neuroprótese implantável que pode ajudar as pessoas a se recuperar de deficiências cognitivas devido a lesões cerebrais.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Implante neural    prótese neural    lesão cerebral    tomada de decisões    Wake Forest Baptist Medical Center   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.