Saúde Pública
publicado em 13/09/2012 às 13h20:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: UN Photo/UNICEF/ZAK
Criança caminha em rua coberta por lama em Khwas Koorona Village, província do Paquistão, país que concentra 5% das mortes infantis do mundo
  « Anterior
Próxima »  
Criança caminha em rua coberta por lama em Khwas Koorona Village, província do Paquistão, país que concentra 5% das mortes infantis do mundo

Novo relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre mortalidade de crianças aponta uma queda de mais de 40% no número de óbitos entre menores de 5 anos desde o ano de 2000 no mundo.

Os dados mostram que de 1990 para 2011, o número global de mortes caiu de quase 12 milhões para 6,9 milhões em várias regiões do mundo.

Segundo as entidades, países de várias partes do globo estão fazendo um rápido progresso nas taxas de sobrevivência infantil, mostrando que é possível baixar a mortalidade significativamente em duas décadas.

Houve progresso em diversas nações, o que mostra que o status econômico não é necessariamente uma barreira para reduzir essas taxas. O relatório aponta que nações pobres como Bangladesh, Libéria e Ruanda; de renda média como Brasil, Mongólia e Turquia; e ricos a como Omã e Portugal baixaram suas taxas de mortalidade entre as crianças menores de 5 anos em mais de dois terços entre os anos de 1990 e 2011.

Estima-se que 19 mil crianças morreram por dia em 2011, 40% no primeiro mês de vida, a maioria por causas evitáveis. Os ganhos na sobrevivência infantil, apesar de significativos, ainda são insuficientes para atingir a Millennium Development Goal 4 que visa reduzir a taxa global de mortalidade infantil em dois terços entre 1990 e 2015.

Apenas seis das 10 regiões mundiais estão a caminho de atingir a meta. As autoridades acreditam que soluções comprovadas precisam ser expandidas para acelerar o progresso na sobrevivência da criança de forma mais rápida e mais abrangente.

Mortes se concentram na África Subsaariana e no sul da Ásia

O relatório concluiu que as mortes de crianças estão cada vez mais concentradas na África Subsaariana e no sul da Ásia, que juntos representaram mais de 80% de todas as mortes de menores de 5 anos em 2011. Em média, uma em cada nove crianças na África Subsaariana morre antes de atingir essa idade.

Metade de todas as mortes de menores de 5 anos ocorreu em cinco países: Índia (24%), Nigéria (11%), República Democrática do Congo (7%), Paquistão (5%) e China (4%). Índia e Nigéria respondem por mais de um terço de todas as mortes de menores de cinco de todo o mundo.

Globalmente, as principais causas de morte entre as crianças menores de cinco anos são a pneumonia (18% de todas as mortes de menores de 5 anos), complicações de partos prematuros (14%), diarreia (11%), complicações durante o parto (9%) e malária (7% ).

Clique aqui para mais informações sobre o relatório.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Mortalidade infantil    Mortalidade    óbitos    Sobrevivência infantil    Unicef    OMS   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Mortalidade infantil    mortalidade    óbitos    sobrevivência infantil    Unicef    OMS   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.