Foto Saúde
publicado em 07/09/2012 às 13h22:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Cine Vídeo/Fiocruz
Foto: Cine Vídeo/Fiocruz
Laboratório da Sociedade Moçambicana de Medicamentos (SMM), em Maputo Medicamento Nevirapina 200 mg
  « Anterior
Próxima »  
Laboratório da Sociedade Moçambicana de Medicamentos (SMM), em Maputo
Medicamento Nevirapina 200 mg

Em outubro começa todo o processo de fabricação na Sociedade Moçambicana de Medicamentos (SMM), em Maputo. Nesta etapa, será produzida a Nevirapina 200 mg, mas o objetivo é fabricar outros 20 tipos de medicamentos. Toda a tecnologia está sendo transferida por Farmanguinhos, que também é responsável pela capacitação dos técnicos.

Inaugurada em julho, a fábrica é a primeira instituição pública no setor farmacêutico do continente africano. A iniciativa faz parte do acordo de cooperação Brasil-Moçambique e deverá beneficiar cerca de 2,7 milhões de pessoas. O projeto começou em 2003 com os acordos políticos e a previsão de conclusão é em 2014. Até lá, o Brasil terá investido cerca de U$ 23 milhões.

Segundo a diretora adjunta do Escritório Regional da Fiocruz na África, Lícia de Oliveira, também coordenadora do projeto de instalação da fábrica, a expectativa é de aumentar o portfólio de medicamentos gradualmente. " Inicialmente serão produzidos os antirretrovirais Nevirapina, Lamivudina+Zidovudina e Ribavirina. Em seguida, outros cinco serão incluídos na lista. Além destes, há previsão de fabricar antianêmicos, anti-hipertensivos, antiinflamatórios, hipoglicemiantes, diuréticos, antiparasitários e corticosteróides. A estimativa é que a fábrica produza um total de 371 milhões de unidades farmacêuticas por ano" , explicou.

O projeto está na sua fase final, com a validação dos equipamentos, a fim de efetivar a transferência de tecnologia. Lícia disse ainda que estão sendo formalizados os pedidos de certificação de Boas Práticas de Fabricação local e internacional. Ela falou também sobre os desafios. " Cem por cento dos profissionais nunca tiveram contato algum com a indústria farmacêutica. Portanto, o maior deles é garantir a capacitação qualificada desses técnicos para operar a fábrica sob total responsabilidade de Moçambique" .

A instituição conta com 55 profissionais. Em outubro e novembro, outros dois grupos de técnicos virão a Farmanguinhos para cumprir mais uma etapa de capacitação. Os funcionários participarão dos módulos de Produção e Controle de Qualidade. Além disso, profissionais de diversas áreas da unidade se revezam em Moçambique, a fim de treinar o corpo técnico da SMM.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Nevirapina    Antirretroviral    Moçambique    Fiocruz    Farmanguinhos   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Nevirapina    antirretroviral    Moçambique    Fiocruz    Farmanguinhos   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.