Geral
publicado em 02/09/2012 às 13h38:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Antonio Scarpinetti/Ascom/Unicamp
Paula Mayara Matos Fialho, autora do estudo na Unicamp.
  « Anterior
Próxima »  
Paula Mayara Matos Fialho, autora do estudo na Unicamp.

Pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em prontuários médicos de crianças e adolescentes atendidos na Unidade Básica de Saúde do Jardim Santa Mônica, em Campinas (SP), e analisados pela bióloga Paula Mayara Matos Fialho, constatou uma associação entre a toxocaríase doença causada por vermes intestinais presentes nos cães e em gatos a asma e a obesidade. De acordo com a bióloga, todos os pacientes, entre dois e 14 anos, apresentavam os sintomas das três doenças conjuntamente.

Segundo a bióloga, foi a primeira vez em que se realizou um estudo associando estas três doenças. Por isso, Paula pretende fazer novas investigações para entender os processos inflamatórios tanto da obesidade como da asma e, eventualmente, para as relações de comportamento do parasita no hospedeiro, para assim, entender como essas três doenças se inter-relacionam. " Vários estudos já apontam para a associação entre a toxocaríase com a asma ou a asma e obesidade. Mas, as três ainda não haviam sido estudadas, e a pesquisa mostra a vulnerabilidade dos pacientes com toxocaríase" , explica.

Paula Fialho analisou 178 prontuários registrados entre 1996 e 1998 e, em 116, encontrou a associação. " Considerando a população do bairro na época, de 10 mil pessoas, e que 10% deles tinham menos de cinco anos, acredito que seja uma amostragem bastante significativa" , destaca. Além da análise do prontuário, Paula também visitou todas as residências das crianças em que o diagnóstico coincidia. Ela percorreu o bairro em busca de dados que pudessem indicar a relação entre as doenças. No entanto, não conseguiu encontrar os pacientes, uma vez que muitos moradores já haviam se mudado ou tinham morrido por outros fatores. " A minha análise ficou comprometida por ter achado apenas 22 indivíduos analisados" , lamenta.

Segundo a pesquisadora, o desconhecimento em torno da toxocaríase preocupa. Também conhecida como Síndrome da Larva Migrante, a doença atinge principalmente crianças. Existe ainda a questão da dificuldade do diagnóstico, uma vez que é necessário um exame específico e de custo elevado para que se comprove a existência do parasita no organismo humano. " No Sistema Único de Saúde (SUS) dificilmente ele pode ser realizado" , afirma Paula.

Para o doutorado, ela pretende realizar estudo de base populacional no Jardim Santa Mônica. A expectativa é encontrar interação entre essas três doenças e identificar os diferentes fatores de risco que podem estar envolvidos nos mais diferentes processos inflamatórios

Com informações da Unicamp

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
toxocaríase    asma    obesidade    saúde da criança    Unicamp    Universidade Estadual de Campinas    Paula Mayara Matos Fialho   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.