Geral
publicado em 29/08/2012 às 13h20:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: M.G. Mooij/Foto Stock
Atividade física reduz recorrência do câncer, mas é pouco recomendada por oncologistas
  « Anterior
Próxima »  
Atividade física reduz recorrência do câncer, mas é pouco recomendada por oncologistas

A prática regular de exercícios físicos pode reduzir a recorrência de cânceres de mama ou cólon em até 50%, segundo pesquisadores da Mayo Clinic, nos EUA.

No entanto, apesar dos benefícios, a pesquisa indica que muitos pacientes com câncer são relutantes à atividade física e que poucos oncologistas recomendam o exercício.

"Muitos médicos dizem aos pacientes que o exercício é importante, mas ninguém havia estudado o que os pacientes sabem sobre o exercício, como eles se sentem sobre isso e o que tende a atrapalhar a atividade", afirma a autora Andrea Cheville.

O estudo é parte de uma série de investigações que avalia a prática de exercícios entre os pacientes com câncer. Os pesquisadores descobriram que os pacientes que se exercitavam regularmente antes do diagnóstico eram mais propensos a continuar após a doença do que aqueles que nunca fizeram atividades regulares. O trabalho mostrou ainda que pacientes consideraram atividades diárias, tais como jardinagem, exercício suficiente.

"Houve um verdadeiro sentido de o que eu faço todos os dias é meu exercício. A maioria não estava ciente de que a inatividade pode contribuir para o enfraquecimento do corpo e maior vulnerabilidade a problemas, incluindo sintomas de câncer", destaca Cheville.

Além disso, os pesquisadores descobriram que os pacientes que encararam o conselho do exercício mais seriamente quando ele veio diretamente de seus oncologistas, mas nenhum dos participantes tinha conversado com os médicos sobre a atividade.

"Acreditamos que os pacientes não estão recebendo conselhos concretos sobre o exercício para ajudá-los a manter a funcionalidade e melhorar os seus resultados", nota a pesquisadora.

Segundo a equipe, o exercício pode melhorar a mobilidade dos pacientes, permitindo-lhes desfrutar de atividades e evitando que eles fiquem isolados em suas casas. Ele contribui ainda para sentimentos gerais de força e segurança física, reduzindo a fadiga relacionada ao câncer e melhorando a qualidade do sono.

Os pesquisadores planejam investigar uma maneira de tornar a mensagem sobre o exercício mais significativa para os pacientes a fim de otimizar o alívio dos sintomas e melhorar a recuperação.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Exercício físico    Câncer    Recorrência    Qualidade de vida    Mayo Clinic    Andrea Cheville   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Exercício físico    câncer    recorrência    qualidade de vida    Mayo Clinic    Andrea Cheville   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.