Geral
publicado em 27/08/2012 às 09h27:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Jow Hermitt
Pesquisadores descobriram substância que, adicionada a vacinas, aumenta a resposta imune e proporciona melhor protecção contra infecção
  « Anterior
Próxima »  
Pesquisadores descobriram substância que, adicionada a vacinas, aumenta a resposta imune e proporciona melhor protecção contra infecção

Cientistas da Oxford University, no Reino Unido, descobriram um composto que aumenta o efeito de vacinas contra vírus, como o da gripe, o HIV e o da herpes em camundongos.

A pesquisa mostrou que o polímero conhecido como polietilenoimina (PEI) é um adjuvante potente, ou seja, uma substância adicionada a vacinas para aumentar a resposta imune e proporcionar uma melhor protecção contra a infecção.

"Ganhar proteção completa contra a gripe a partir de apenas uma vacinação é bastante difícil, mesmo em um estudo em ratos. Isto nos da a certeza de que a PEI tem potencial para ser um adjuvante potente para vacinas contra vírus, apesar de existirem muitos passos adiante para utilização em seres humanos", afirma o líder da pesquisa Quentin Sattentau.

Não existem vacinas eficazes contra o HIV e herpes e a vacina contra gripe precisa ser reformulda a cada ano e não oferece proteção completa. Encontrar adjuvantes melhores poderia ajudar no desenvolvimento de vacinas mais eficazes contra estas doenças.

A maioria das vacinas inclui um adjuvante. O ingrediente principal da vacina, geralmente um patógeno morto ou deficiente, ensina o sistema imunológico do corpo para que ele saiba o que atacar em caso de infecção. Mas o adjuvante também é necessário para estimular esse processo.

O adjuvante mais comum é de longe o alúmen, um composto contendo alumínio que tem sido injetado em muitas vacinas diferentes em todo o mundo. Contudo, o alúmen não é o adjuvante mais potente para vários modelos de vacinas.

A equipe agora descobriu que PEI, um polímero padrão usado frequentemente na genética e biologia celular, tem atividade adjuvante forte.

Quando incluído em uma vacina com uma proteína de HIV, gripe ou vírus do herpes, os ratos subsequentemente montaram uma resposta imunológica forte contra as infecções. A resposta imunológica era mais forte do que com outros adjuvantes que estão sendo investigados.

A equipe também mostrou que a PEI é um adjuvante potente no coelho, mostrando que o efeito não é específico para apenas ratos e pode ser geral.

Os pesquisadores pretendem agora testar o adjuvante PEI em furões, um melhor modelo animal para estudar a gripe. Eles também querem entender como funciona a duração da proteção.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   HIV    Aids    Gripe    Vacina    Adjuvante    Oxford University    Quentin Sattentau   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
HIV    Aids    gripe    vacina    adjuvante    Oxford University    Quentin Sattentau   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.