Geral
publicado em 24/08/2012 às 10h09:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas da Rice University, nos EUA, desenvolveram uma nanopartícula capaz de restaurar o fluxo sanguíneo no cérebro comprometido após lesões.

A pesquisa pode melhorar o atendimento de emergência a vítimas de danos cerebrais traumáticos.

Em estudos com animais, os pesquisadores descobriram que injeções de grupos de carbono hidrofílico combinado com polietileno glicol (PEG-HCC) durante o tratamento inicial após uma lesão ajudou a restaurar o equilíbrio do sistema vascular do cérebro.

Quando ocorre uma lesão traumática do cérebro, as células liberam uma quantidade excessiva de uma espécie reativa de oxigênio (ROS) conhecida como superóxido (SO) para o sangue. Superóxidos são radicais livres tóxicos que o sistema imunitário normalmente usa para matar os microorganismos invasores. Organismos saudáveis equilibram SO com superóxido dismutase (SOD), uma enzima neutralizante. Mas mesmo trauma cerebral leve pode liberar superóxidos em níveis que sobrecarregam as defesas naturais do cérebro.

"Superóxido é o mais deletério das espécies reativas de oxigênio, já que é o progenitor de muitos dos outros. Se você não lidar com isso, ele forma peroxinitrito e peróxido de hidrogênio. SO é o precursor de muitos problemas de saúde", observa o coautor James Tour.

SO afeta o mecanismo auto regulador que controla o sistema de circulação sensível no cérebro. Normalmente, os vasos se dilatam quando a pressão arterial é baixa e se contraem quando a alta para manter um equilíbrio, mas a falta de regulamentação pode levar a danos cerebrais além do que pode ter sido causado pelo trauma inicial.

Nos testes, os pesquisadores descobriram que as nanopartículas com PEG-HCC imediatamente eliminou a atividade do superóxido e permitiu que o sistema auto regulador recuperasse rapidamente seu equilíbrio.

Segundo Tour, moléculas ROS se combinam facilmente com PEG-HCCs, gerando uma extinção radical da molécula prejudicial. "Enquanto uma enzima SOD pode alterar apenas uma molécula de superóxido de cada vez, um único PEG HCC pode extinguir centenas ou milhares de superóxidos", explica o pesquisador.

"Esta é uma das descobertas mais notáveis e eficazes que já vimos. Literalmente em poucos minutos após injetar a nanopartícula, o fluxo sanguíneo cerebral está de volta ao normal, e nós podemos mantê-lo assim com apenas uma injeção simples. No fim, temos normalizados os radicais livres, preservando o óxido nítrico, essencial para a auto regulação", explicam os autores.

A equipe destaca que as nanopartículas como estão sendo testadas não apresentaram sinais de toxicidade, mas ressaltam que novos testes são necessários para comprovar a eficácia da técnica.

Segundo os pesquisadores, a descoberta tem implicações para vítimas de derrame, bem como pacientes de transplante de órgãos.

Veja mais detalhes sobre esta pesquisa (em inglês).

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Fluxo sanguíneo cerebral    Derrame    Nanopartícula    PEG-HCC    Rice University    James Tour   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Fluxo sanguíneo cerebral    derrame    nanopartícula    PEG-HCC    Rice University    James Tour   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.