Profissão Saúde
publicado em 22/08/2012 às 20h12:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Fiocruz
Trabalhadores da Fiocruz reunidos em frente ao Hemorio para a doação coletiva de sangue
  « Anterior
Próxima »  
Trabalhadores da Fiocruz reunidos em frente ao Hemorio para a doação coletiva de sangue

Mais de cem pessoas, entre servidores e colaboradores da Fiocruz, participaram, nesta quarta-feira (22), de um ato solidário no Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (Hemorio), no Rio de Janeiro. A doação coletiva de sangue foi uma das atividades de greve propostas pelo Sindicato dos Trabalhadores da Fiocruz (Asfoc-SN). Os trabalhadores distribuíram à população material informativo sobre suas reivindicações.

As atividades de greve prosseguem na quinta-feira (23), com manifestação na passarela 6 da Avenida Brasil, em frente à sede da Fundação, a partir das 7h30. No início da tarde, haverá uma assembleia geral na Escola Nacional de Saúde Públlica (Ensp), que buscará avaliar os resultados da reunião desta quarta-feira entre os representantes dos funcionários da Fiocruz e a Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

A paralisação das atividades por tempo indeterminado começou no dia 6 deste mês, como parte do movimento que reivindica a valorização do servidor público, melhorias salariais e na carreira. O sindicato esclarece que desde o último reajuste concedido aos servidores da Fundação, em 2009, houve uma desvalorização dos salários de cerca de 20%, o que acarretaria três anos de perdas salariais.

Os serviços essenciais, como os atendimentos médicos e a produção de vacinas e medicamentos, dentre outros em andamento, estão mantidos durante o período de greve, obedecendo regimes de plantão acordados com as diversas unidades da Fiocruz.

Negociações

Funcionários da Fundação, em todo o país, fizeram paralisações progressivas a partir da última semana de junho - o último período foi nos dias 10, 11 e 12 de julho. O movimento dos servidores luta por avanços nos processos de negociação e a apresentação de propostas por parte do governo. Na pauta de reivindicações, estão: a busca por uma política salarial permanente com reposição inflacionária, a valorização do salário-base e incorporação das gratificações; paridade e integralidade entre ativos, aposentados e pensionistas; reajuste dos benefícios; definição da data-base em 1º de maio.

Com informações da Fiocruz

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
greve    Fiocruz    Fundação Oswaldo Cruz    Rio de Janeiro    Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti    Hemorio   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.