Geral
publicado em 13/08/2012 às 21h12:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Dados do Ministério da Saúde revelam que cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão infectados pela hepatite C, que é responsável por 70% das hepatites crônicas, 40% dos casos de cirrose e 60% dos cânceres primários de fígado. Só na baixada santista estima-se que o número de infectados pelo HCV (vírus causador da doença) seja de 30 mil pessoas, porém 80% deles não sabem da sua condição, porque nunca fizeram o teste para detecção da doença.

" Isso é preocupante porque se trata de uma doença crônica grave, que evolui lenta e silenciosamente. Da infecção até a fase da cirrose hepática pode levar de 20 a 30 anos, em média, sem nenhum sintoma. Por isso mesmo, as pessoas a partir dos 40 anos precisam ser diagnosticadas, pois estão mais sujeitas a sofrerem também com as complicações da hepatite C" , alerta Elson Vidal, hepatologista e um dos coordenadores da Campanha de Detecção Gratuita de Hepatite C que será realizada de 27 a 31 de agosto, na Casa da Hepatite de Santos.

" Ao contrário da AIDS, a hepatite C tem cura. E as chances desta cura aumentaram com a introdução dos inibidores de protease (IPs) ao SUS. Daí, a importância de campanhas como a que faremos" , salienta o especialista.

Ele ressalta que os primeiros resultados de estudos com o uso da terapia tripla, que consiste na combinação do interferon peguilade e da ribavirina (terapia padrão) com o boceprevir (um dos IPs incorporado ao SUS), revelam que o novo tratamento aumenta em até 80% a chance de cura do paciente portador do genótipo 1, inclusive os cirróticos.

Durante a campanha serão disponibilizados mil testes rápidos de detecção, além de folhetos com orientações sobre a hepatite C. Em caso de diagnóstico positivo, a pessoa será encaminhada para atendimento médico.

De acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha e recentemente divulgada pela Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH) mais da metade dos brasileiros residentes nas regiões metropolitanas (55%) estão na faixa etária dos 35 aos 60 anos, sendo que o índice de conhecimento sobre a hepatite C entre eles declina com a idade, sobretudo entre os mais velhos, a partir de 60 anos.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Hepatite C    Baixada santista    Hepatites crônicas    HCV    Detecção da doença   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
hepatite C    baixada santista    hepatites crônicas    HCV    detecção da doença   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.