Geral
publicado em 13/08/2012 às 17h35:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Egg Farmers
Após os 40 anos, consumo de gema de ovo acelera aterosclerose tanto quanto o fumo
  « Anterior
Próxima »  
Após os 40 anos, consumo de gema de ovo acelera aterosclerose tanto quanto o fumo

Comer gema de ovo acelera a incidência de aterosclerose de maneira similar ao fumo de cigarros. É o que revela pesquisa da University of Western Ontario, no Canadá.

Estudo com mais de 1.200 pacientes revela que consumo regular de gemas de ovos é tão ruim quanto fumar quando se trata de acúmulo de placas na artéria carótida, fator de risco para acidente vascular cerebral e ataque cardíaco.

A aterosclerose, também chamada de doença da artéria coronária, é um distúrbio onde placas, agravadas pelo colesterol ruim, se acumulam na parede arterial interna. A ruptura da placa é a causa comum da maioria dos ataques cardíacos e derrames.

O estudo analisou dados de 1.231 homens e mulheres, com idade média de 61,5, que frequentavam clínicas de prevenção vascular.

Para estabelecer uma medição da área da placa total, os pesquisadores utilizaram ultrassom e entregaram questionários para saber sobre o estilo de vida e as medicações dos participantes, incluindo o tempo de fumo e o número de cigarros fumados por dia e o número de gemas de ovos consumido por semana e por quantos anos.

Os pesquisadores descobriram que a área de placa carótida aumentou linearmente com a idade após os 40 anos, mas aumentou exponencialmente em pessoas que fumavam e comiam gema de ovo. Em outras palavras, após os 40 anos, tanto o fumo do tabaco quanto o consumo de gema de ovo aceleram a aterosclerose.

O estudo também descobriu que aqueles que comiam três ou mais gemas por semana tinham significativamente mais placa arterial do que aqueles que consumiam duas ou menos gemas por semana.

"A teoria de que ovos podem ser parte de uma dieta saudável para pessoas saudáveis é confusa. Cientistas sabem há muito tempo que a alta ingestão de colesterol aumenta o risco de eventos cardiovasculares, e gemas de ovos têm um teor de colesterol muito elevado. Nos diabéticos, um ovo por dia aumenta o risco coronariano entre 2 e 5 vezes", observa o líder da pesquisa David Spence.

Segundo os pesquisadores, o que o estudo mostrou é que, com o envelhecimento, a placa se acumula gradualmente nas artérias e que as gemas de ovos tornam esse acúmulo mais rápido, tanto quanto o causado pelo fumo.

A equipe ressalta que mais pesquisas devem ser feitas para avaliar melhor outros fatores de risco envolvido na incidência de aterosclerose, no entanto, eles aconselham que o consumo regular de gema de ovo deve ser evitado por pessoas em risco de doença cardiovascular.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Gema de ovo    Cigarro    Aterosclerose    Placa arterial    University of Western Ontario    David Spence   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Gema de ovo    cigarro    aterosclerose    placa arterial    University of Western Ontario    David Spence   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.