Profissão Saúde
publicado em 09/08/2012 às 13h56:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pediatras do Rio de Janeiro uniram-se aos do Hospital Municipal da Piedade e realizaram uma manifestação na porta da unidade para protestar contra a falta de médicos. A carência de recursos humanos levou o serviço de pediatria a suspender a internação de pacientes na semana passada. Outras áreas do hospital também sofrem com estrutura precária e equipes insuficientes.

" Este hospital tem uma tradição de lutas de mais de 20 anos. Ia ser fechado e lutou para continuar atendendo a população. A prefeitura diz que a prioridade é atenção básica, mas não se pode abandonar os hospitais" , declarou a presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (CREMERJ), Márcia Rosa de Araujo, que apoiou o ato.

O presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Eduardo Vaz, afirmou que há uma política de não contratação de pediatras. " Estudo recente do CFM mostrou que a pediatria é a especialidade com o maior número de médicos no Brasil. Não faltam pediatras, faltam salários dignos e condições de trabalho" , afirmou.

O conselheiro Sidnei Ferreira recomendou a refederalização do Hospital da Piedade. " A Prefeitura mostrou-se incompetente com a gestão do Hospital que foi credenciado pelo MEC e MS como de ensino. Este é um movimento que emana do corpo clínico, de quem conhece este hospital e sabe qual a melhor maneira de estruturá-lo" , disse. Os conselheiros Armindo da Costa e Carlindo Machado também participou da manifestação.

Em relatório concluído na semana passada, o CREMERJ apontou que a falta de recursos humanos e de equipamentos no hospital representam risco aos pacientes e expõe os médicos. O centro cirúrgico é o local que apresenta mais problemas, sem estrutura adequada para as intervenções, e teve suas atividades suspensas. O setor de oftalmologia está fechado desde 2009.

O hospital não possui ambulância própria, e na clínica médica pacientes enfrentam 30 dias de espera por um diagnóstico por conta da demora na realização de exames de imagens. A falta de médicos é crítica, sendo necessário alocar mais dois médicos na unidade coronariana, três médicos de rotina na UTI, quatro médicos na cirurgia geral, seis clínicos e quatro pediatras.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Hospital da Piedade    Manifestação    Atendimento    Pediatria    Rio de Janeiro   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Hospital da Piedade    manifestação    atendimento    pediatria    Rio de Janeiro   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.