Saúde Pública
publicado em 11/07/2012 às 12h10:00
   Dê o seu voto:

Mais de 400 mil consultas e 4,5 mil cirurgias podem ser canceladas em Portugal

 
tamanho da letra
A-
A+

Milhares de médicos e enfermeiros entraram em greve em Portugal para protestar contra cortes no orçamento da saúde. O Ministro da Saúde, Paulo Moita de Macedo, alertou que cerca de 4.5 mil operações e 400 mil consultas poderão ser canceladas.

A greve dos profissionais de saúde começou nesta quarta-feira (9) e está prevista para durar 48 horas. Muitos hospitais tinham remarcado compromissos, antecipando a greve que foi anunciada no mês passado e afirmam que os serviços de urgência não serão afetados.

O governo prometeu reduzir seu déficit orçamentário em 65 bilhões de euros, como parte do acordo realizado com a União Européia (EU) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) em maio do ano passado.

Os sindicatos dizem que as medidas, que incluem taxas mais elevadas de prescrição, afetarão a parcela mais pobre da sociedade. Eles reclamam que alguns médicos de empresas privadas estão trabalhando excessivamente para tentar minimizar a crise no setor público.

Segundo declaração dada à AFP, o diretor da Federação Nacional dos Médicos, Mário Jorge Neves, disse que estava certo do sucesso da greve. Por outro lado,"milhares de pessoas estão agora privadas de cuidados porque não podem arcar com os preços que foram postos em prática em janeiro", disse um representante do grupo de pacientes.

De acordo com informações de agências internacionais, os pacientes chegam aos hospitais no dia marcado para cirurgias sem terem a certeza que vão conseguir realizar o procedimento. Muitos, mesmo ligando no dia anterior, não conseguem uma confirmação.

Portugal já cortou salários do setor público e aumentou os impostos para reduzir seu déficit orçamentário e lidar com a crise econômica. No início deste mês, uma proposta para limitar férias extra e pagamento de Natal para trabalhadores do setor público foi considerada inconstitucional mas recebeu elogios da UE e o FMI.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Mais de 400 mil consultas e 4,5 mil cirurgias podem ser canceladas em Portugal
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Mais de 400 mil consultas e 4,5 mil cirurgias podem ser canceladas em Portugal


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
greve de profissionais de saúde    profissionais de saúde me portugal    cortes no orçamento da saúde       
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.