Geral
publicado em 08/08/2012 às 13h37:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Cris Castello Branco/Governo de São Paulo
Levantamento foi feito no Ambulatório de Nutrição Clínica do Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo
  « Anterior
Próxima »  
Levantamento foi feito no Ambulatório de Nutrição Clínica do Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo

No Dia Nacional de Combate ao Colesterol, comemorado nesta quarta-feira (8) , levantamento realizado pelo Ambulatório de Nutrição Clínica do Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo, referência nacional em cardiologia, faz um alerta aos pais: cerca de 30% das crianças e adolescentes com histórico familiar de cardiopatias têm colesterol total elevado.

O estudo também mostrou que, do total de 100 crianças e adolescentes avaliadas na unidade, com idades entre 5 e 17 anos, 8% apresentavam uma quantidade de LDL, que é o " colesterol ruim" , aumentado, enquanto 45% apresentavam uma quantidade de HDL, que é o colesterol bom, abaixo do necessário.

Além dos níveis de colesterol elevados, 40% das crianças avaliadas eram sedentárias e 87% ingeriam quantidade excessiva de gorduras.

" O aumento do colesterol ruim e a diminuição do colesterol bom é uma das causas de doenças cardiovasculares. Por isso, a conscientização sobre a importância de uma alimentação adequada na infância é fundamental para um crescimento saudável" , diz Cristiane Kovacs, nutricionista do hospital estadual Dante Pazzanese.

Segundo a nutricionista, alimentos como o azeite, o abacate e a azeitona, ricos em gorduras monoinsaturadas, ajudam a aumentar a quantidade de colesterol bom no sangue. Já alimentos como queijo amarelo, carnes gordas ou com muita gordura aparente, pele de frango e coco por exemplo, por serem ricos em gorduras saturadas, contribuem para o aumento do colesterol ruim se ingeridos em excesso.

" A adoção de hábitos saudáveis na infância, com alimentação balanceada e prática de atividade física, pode ser o caminho para a prevenção e o controle de problemas de saúde no futuro. Isso porque hábitos inadequados adquiridos ao longo da vida são muito mais difíceis de serem modificados na fase adulta" , alerta Cristiane.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dia Nacional de Combate ao Colesterol    colesterol    cardiologia    Instituto Dante Pazzanese    São Paulo   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.