Ciência e Tecnologia
publicado em 07/08/2012 às 11h05:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Médicos britânicos adaptaram, pela primeira vez, um sistema utilizado na Fórmula 1 (F1) para o monitoramento e tratamento de doenças cardíacas em humanos.

A telemetria, que avalia o desempenho dos carros na pista, está sendo usada para acompanhar o menino Damian Singh, de quatro anos, conforme ele se recupera de uma parada cardíaca na unidade de terapia intensiva (UTI) do Birmingham Children's Hospital, de acordo com informações da BBC.

Carros na pista de corrida, assim como pacientes em hospitais, precisam ser constantemente monitorados. Sensores nos veículos alimentam os dados para uma equipe de engenheiros que faz ajustes, tanto instantâneos como após a corrida, para melhorar o tempo e o desempenho dos pilotos.

Já a maioria dos hospitais hoje em dia depende de uma combinação de relatórios sobre sinais vitais do paciente, tal como ritmo cardíaco e pressão arterial, e observações feitas por médicos e enfermeiras.

Segundo os pesquisadores, no futuro, o sistema da F1 pode permitir que os pacientes sejam monitorados à distância, sem o uso de fios e ainda pode tornar possível arquivar uma grande quantidade de dados sobre esses pacientes para um acompanhamento médico de longo prazo.

Adaptação

Para monitorar constantemente a saúde de Damian após uma parada cardíaca, a pediatra Heather Duncan buscava um sistema digital menos invasivo a ser utilizado em conjunto com os métodos tradicionais. Em um encontro com Peter van Manen, diretor da McLaren Electronics, ela encontrou exatamente o que buscava.

"Participei de um seminário e conheci Duncan, que estava procurando um sistema de alerta precoce para uso pediátrico. Quando começamos a conversar, percebemos que alguns procedimentos adotados de forma rotineira na Fórmula 1 são bastante semelhantes aos usados para acompanhar um paciente em um hospital. Notamos que, aplicando essa tecnologia que coleta informações em tempo real para uso em um hospital poderíamos expandir e melhorar o sistema de informações sobre os pacientes", disse Manen à BBC.

A tecnologia da Fórmula 1 é usada para processar uma quantidade enorme de dados. Cada carro é avaliado em 130 parâmetros e os programas têm a capacidade de aprender com rapidez o que é 'normal' em cada veículo.

Como Damian está na UTI, seu corpo está conectado por cabos a uma série de monitores. No caso, o sistema desenvolvido pela McLaren coleta informações que vêm desses monitores, como o nível de oxigênio no sangue ou a frequência cardíaca e o ritmo respiratório.

No entanto, se todos os pacientes tivessem que estar conectados a aparelhos por cabo, o custo de monitorá-los seria muito elevado. Por isso, a equipe do hospital trabalha agora para desenvolver um sistema totalmente sem fio, que possa permitir o acompanhamento remoto de cada paciente.

Duncan espera ainda que o sistema possa ser acessado pela internet, assim, os médicos poderiam ver o estado de seus pacientes em seus laptops ou tablets e organizar o tratamento de forma mais eficaz .

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Fórmula 1    telemetria    problema cardíaco    Damian Singh    Birmingham Children's Hospital    Heather Duncan   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.