Saúde Pública
publicado em 05/08/2012 às 16h42:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Wilson Dias/ ABr
Foto: Wilson Dias/ABr
Mães que amamentam seus filhos participam das atividades da Semana Mundial da Amamentação, no Parque da Cidade, para incentivar o aleitamento entre as gestantes Mãe passa em frente a cartaz da Campanha Nacional de Amamentação, no Parque da Cidade, em Brasilia
  « Anterior
Próxima »  
Mães que amamentam seus filhos participam das atividades da Semana Mundial da Amamentação, no Parque da Cidade, para incentivar o aleitamento entre as gestantes
Mãe passa em frente a cartaz da Campanha Nacional de Amamentação, no Parque da Cidade, em Brasilia

Em meio às comemorações mundiais da semana da amamentação, o Distrito Federal estuda a criação de salas de amamentação em órgãos públicos. A base do projeto foi uma pesquisa realizada pela Secretaria da Mulher com 300 mulheres para identificar as dificuldades encontradas na hora de amamentar.

A partir do material coletado, o governo do Distrito Federal (GDF) irá fazer trabalho setorial com vários órgãos. A coordenadora de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano da Secretaria de Saúde , Miriam Santos, disse que o " desenvolvimento das ações conjuntas busca preencher lacunas nas políticas e programas de aleitamento materno e alimentação do lactente e da criança pequena" . A secretaria montou vários estandes no Parque da Cidade, no centro da capital federal, para divulgar informações sobre a importância do aleitamento materno.

Os hospitais particulares também entraram na campanha. Segundo a pediatra responsável pelo Banco de Leite do Hospital Santa Lúcia, Fábia Queiroga, é importante enfatizar os benefícios da amamentação, como a redução de mortalidade infantil, a recuperação dos bebês doentes e o fortalecimento do sistema imunológico.

" As pessoas estão buscando entender cada vez mais os benefícios da amamentação. É uma campanha constante. É uma conscientização que exige o apoio do Estado, da comunidade e da família" , disse a especialista. A pediatra destacou ainda a importância da doação de leite materno. " O material recebido nos bancos de leite alimenta bebês com até 28 dias de vida e prematuros. Quem puder ajudar é sempre bem-vindo" , acrescentou.

A estudante Lucivânia Silva, 28 anos, amamenta orgulhosa a sua primeira filha, de 3 meses. " Sempre quis amamentar meus filhos no peito. É importante para o desenvolvimento da criança e aumenta o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê. Vou amamentar até quando ela quiser."

No Brasil, o tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno é Amamentar Hoje É Pensar no Futuro. A campanha também ocorre em mais 120 países.

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Aleitamento Materno    Semana mundial de aleitamento materno    DF cria salas de amamentação    salas de amamentação em órgão públicos    Miriam Santos   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.