Saúde Pública
publicado em 03/08/2012 às 10h30:00
   Dê o seu voto:

Campanhas de marketing dobram a probabilidade de uso de preservativo

 
tamanho da letra
A-
A+
Imagem - Ministério da Saúde
Imagem - Ministério da Saúde
Banner voltado para o público hetero da campanha Banner voltado para o público homossexual da campanha
  « Anterior
Próxima »  
Banner voltado para o público hetero da campanha "No Carnaval rola de tudo, só não rola sem camisinha" feito para o Carnaval 2012
Banner voltado para o público homossexual da campanha "No Carnaval rola de tudo, só não rola sem camisinha" feito para o Carnaval 2012

Campanhas de marketing podem dobrar a probabilidade de uso de preservativos, de acordo com um estudo publicado no último Boletim da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O estudo mostrou que as pessoas são duas vezes mais propensos a usar preservativos quando são expostas a métodos de marketing. Resultados similares também foram encontrados quando se analisa o uso do preservativo nos encontros sexuais mais recentes. O uso do preservativo voltou a aumentar significativamente, com taxas de quase o dobro, depois de os consumidores terem sido orientados por estratégias de marketing.

A pesquisa, primeira do tipo em todo mundo, foi baseada em informações de seis levantamentos realizados na Índia e na África subsaariana entre 1990 e 2010, envolvendo mais de 23 mil pessoas.

Michael Sweat, um dos principais autores do estudo, da Medical University of South Carolina, disse que a promoção social do preservativo foi associada a uma duplicação de seu uso nas comunidades.

" Isso é impressionante e demonstra a necessidade de manter o acesso aos preservativos de baixo custo e gratuitos nos países em desenvolvimento. Os resultados salientam a importância do uso de preservativos e a necessidade de aumentar continuamente a conscientização através de campanhas publicitárias direcionadas," completa Sweat.

A análise foi desenvolvida com participação de equipes de pesquisadores da OMS (Suíça), Medical University of South Carolina, Family Health International e da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health, todos nos EUA.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Campanhas de marketing dobram a probabilidade de uso de preservativo
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Campanhas de marketing dobram a probabilidade de uso de preservativo


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
preservativo    camisinhas    campanhas de marketingo dobram uso de preservativo    campanhas de marketing    uso de preservativos    OMS    Michael Sweat   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.