Geral
publicado em 29/07/2012 às 02h59:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Negligência psicológica e física provoca alterações no desenvolvimento do cérebro de crianças. É o que aponta estudo conduzido no Children's Hospital Boston, nos Estados Unidos, que verificou uma diminuição de massa cinzenta e branca no cérebro de crianças internadas em instituições. Pesquisa ainda destaca que intervenções positivas são capazes de reverter este processo.

Equipe, dirigida por Margaret Sheridan e Charles Nelson, analisou imagens de ressonância magnética de uma grupo de crianças romenas com idades entre 8 e 11 anos, que foram transferidas de orfanatos para lares adotivos temporários.

Conclusões se somam a estudos anteriores realizados pela mesma equipe, que demonstram uma deterioração cognitiva entre crianças que vivem em instituições, como também melhorias significativas entre as que são adotadas.

" A exposição à adversidade durante a infância tem um efeito negativo sobre o desenvolvimento cerebral" , afirma Sheridan, que acrescenta que as implicações são muito amplas, não só para as crianças internadas em instituições, mas também para as crianças expostas ao abuso, ao abandono, à violência, à pobreza extrema e outras adversidades.

Os investigadores compararam três grupos de crianças: 29 criadas em uma instituição, 25 selecionadas para viver em casas de acolhimento e 20 que nunca tinham estado em uma instituição.

Os exames de ressonância das crianças institucionalizadas apresentaram redução do volume de substância cinzenta no córtex cerebral em relação às que tinham vivido em famílias de acolhimento. Nas crianças institucionalizadas, o volume de matéria branca também foi menor em comparação com as crianças não institucionalizadas. Nos meninos que forma acolhidos por novas famílias, o volume de massa branca não diferia do encontrado em crianças que nunca haviam sido internadas.

Os investigadores assinalam que os picos de crescimento da massa cinzenta em momentos específicos da infância indicam que o meio ambiente pode influenciar fortemente o desenvolvimento do cérebro. A massa cinzenta está envolvida no controle muscular, emoções, memória de fala e na percepção sensorial, como visão e audição.

A matéria branca é necessária para formar novas conexões no cérebro e cresce de forma mais lenda durante a fase de desenvolvimento, o que pode fazer com que ela tenha maior capacidade de se recuperar dos efeitos da negligência psicológica e física.

Estudo foi publicado online na Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
negligência    negligência psicológica    negligência física    crescimento do cérebro    crianças    massa cinzenta    massa branca       
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.