Ciência e Tecnologia
publicado em 27/07/2012 às 09h33:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Dois homens com HIV não têm mais níveis detectáveis do vírus no sangue após receberem transplantes de medula óssea para tratar seus cânceres. A segunda possibilidade de cura da AIDS foi anunciada nesta quinta-feira (26) na Conferência Internacional da Aids 2012, em Washington (EUA).

O primeiro caso é o do norte-americano Timothy Ray Brown, que se livrou do vírus após ser submetido a um tratamento em Berlim (Alemanha), em 2007.

"Nós esperávamos que o HIV desaparecesse do plasma dos pacientes, mas é surpreendente o fato de não ser possível encontrar qualquer vestígio de HIV em suas células" , diz o pesquisador envolvido no estudo Timothy Henrich, do Brigham and Women's Hospital (BWH).

O estudo foi liderado por Daniel Kuritzkes (BWH) e analisou a evolução de dois portadores de HIV que se submeteram a um transplante de medula óssea após a detecção de um câncer.

Ambos os pacientes, infectados durante anos, tinham se submetido ao tratamento antiretroviral que suprimiu a reprodução do HIV, mas, segundo a pesquisa, tinham o vírus latente antes do transplante. Eles receberam uma forma mais leve da quimioterapia antes do transplante, o que lhes permitiu seguir tomando seus remédios contra o HIV durante todo o processo do transplante.

Imediatamente após o procedimento, ainda era possível detectar o HIV, mas, com o tempo, as células transplantadas substituíram os linfócitos dos pacientes e a quantidade de HIV no DNA de suas cédulas diminuiu até o ponto de ficar indetectável.

Em comunicado, os autores da pesquisa informaram que um paciente foi acompanhado por cerca de dois anos, enquanto o outro foi testado durante três anos e meio. Não foi registrado rastro do vírus em nenhum dos casos.

"Acreditamos que a administração contínua de um tratamento antiretroviral que protege as células da doadora de infectar-se do HIV, enquanto eliminam e substituem as células dos pacientes, é efetiva para eliminar o vírus dos linfócitos do sangue dos pacientes", sugerem os especialistas.

Apesar dos resultados animadores, os médicos adotam cautela quando se fala na cura desses pacientes. A equipe de pesquisa observa que eles ainda estão recebendo medicamentos antiretrovirais, que devem ser retirados aos poucos.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Vírus    HIV    AIDS    Transplante de medula    Cura    Cura da AIDS      
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
vírus    HIV    AIDS    transplante de medula    cura    cura da AIDS       
Comentários:
Comentar
ricardo
postado em:
21/10/2010 13:12:22
eu acredito com o transplante de medula ossea a cura e possivel,,ate eu me submeteria ao processo,,melhor ainda o doaqdor nao presisa ser resistente ao virus,,
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.