Geral
publicado em 25/07/2012 às 21h05:00
   Dê o seu voto:

Mais de 82 mil deram entrada em hospital de SE sem seguir procedimento correto

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Marco Vieira/Agência Sergipe
Foto: Bruno César/SES
Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) é uma unidade de alta complexidade administrada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) Lícia Diniz, coordenadora do Pronto Socorro do Huse
  « Anterior
Próxima »  
Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) é uma unidade de alta complexidade administrada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES)
Lícia Diniz, coordenadora do Pronto Socorro do Huse

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Sergipe mostram que, de janeiro a junho deste ano, 82.163 pacientes deram entrada sem regulação (sem serem encaminhados, com aviso prévio, por unidade de saúde de origem) no Hospital de Urgência (Huse), na capital Aracaju. A estatística fez a pasta lançar um alerta sobre os transtornos que esse procedimento pode causar em médicos e pacientes.

A unidade, gerida pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) do estado, atualmente é referência para 75 municípios de Sergipe e, ainda, para pacientes vindos de municípios de outros estados como Bahia e Alagoas.

Segundo a SES, o problema é que muitas vezes esses atendimentos chegam sem regulação, o que causa transtornos aos profissionais e aos 82.163 pacientes que chegaram ao hospital no primeiro semestre de 2012 sem seguir o procedimento correto.

"Muitas vezes o paciente chega espontaneamente no Huse para resolvermos um caso que poderia ser solucionado em uma unidade de menor porte. O Huse, que é uma unidade para resolver casos complexos de urgência, acaba tratando casos clínicos", disse a coordenadora do Pronto Socorro do hospital, Lícia Diniz.

"Quando um paciente é regulado, o serviço de saúde de origem orienta para qual tipo de unidade ele deve ser levado: baixa complexidade, média complexidade ou alta complexidade. Isso agiliza o atendimento e viabiliza o encaminhamento mais adequado para o paciente. Já quando o usuário do SUS chega sem regulação, não há como preparar o profissional para atendê-lo. Na maioria das vezes, esse profissional está realizando outro atendimento, o que gera um tempo maior de espera do paciente, cuja necessidade de atendimento não havia sido informada," completa Lícia Dimiz

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Regulação de urgência    Internação    Sergipe    Hospital de Urgência    Alta complexidade   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Mais de 82 mil deram entrada em hospital de SE sem seguir procedimento correto
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Mais de 82 mil deram entrada em hospital de SE sem seguir procedimento correto


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
regulação de urgência    internação    Sergipe    Hospital de Urgência    alta complexidade   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.