Geral
publicado em 18/07/2012 às 12h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pessoas que sofrem de um problema físico de saúde, de diabetes e dores nas costas ao câncer ou doença cardíaca, são três vezes mais propensas a procurar cuidados de saúde mental do que pacientes que relatam não ter nenhuma doença física, segundo um novo estudo realizado por pesquisadores do Oregon State University (OSU).

O trabalho, disponível na revista online Health Services Research, indica a necessidade de melhor coordenação entre profissionais nos cuidados com saúde física e mental. É o primeiro estudo nos Estados Unidos que, estatisticamente, mostra uma ligação importante entre saúde física e saúde mental

"Vejo esse estudo como uma maneira de definir dados de referência para que as decisões políticas possam determinar a melhor forma de transição para um sistema que, espero, venha a coordenar a assistência física e mental", disse o principal autor do estudo Jangho Yoon, economista de política de saúde da Oregon State University, especialista em questões de política de saúde mental.

"O Affordable Care Act (sistema universal de saúde americano, previsto para 2014) foi feito para oferecer melhor assistência coordenada e interação entre os profissionais de saúde física e mental, e isso tem implicações muito importantes porque antes de nosso estudo, não havia dados disponíveis."

Yoon usou dados de 2004 e 2005 do Medical Expenditure Panel Surveys (levantamento estatístico anual) para identificar mais de seis mil adultos para seu estudo. Ele só considerou pessoas que não haviam reportado problema de saúde anterior. Em comparação com aqueles que não tinham problemas, as pessoas que desenvolveram alguma condição física tiveram um aumento de três vezes na probabilidade de procurar cuidados de saúde mental.

Curiosamente, mesmo após verificar aqueles que desenvolveram condições médicas mais catastróficas, tais como câncer, derrame e ataque cardíaco, foram encontrados os mesmos resultados.

"A interação entre a nossa saúde física e mental era há muito tempo suspeita", disse Yoon. "Quando eu tenho dor nas costas, eu me sinto estressado. E se isso impacta a minha capacidade de trabalhar, ou fazer minhas atividades normais, então eu posso sentir chateado ou até um pouco deprimido. Mas não havia estudos em grande escala que mostrassem estatisticamente a prova desta correlação."

Yoon, professor assistente na Faculdade College of Public Health and Human Sciences da OSU, disse que o estudo incluiu pessoas que procuraram os profissionais de saúde mental, medicamentos para problemas de saúde mental, ou ambos.

Ele disse que o estudo também descobriu que os pacientes que disseram ter percebido a gravidade de seu problema de saúde foram mais propensos a procurar serviços de saúde mental.

Os pesquisadores explicaram que uma pesquisa simples, como o questionário Substance Abuse/Mental Illness Screener (SAMISS), com 16 perguntas, poderia ser usado de forma eficaz em um ambiente clínico para que médicos possam fornecer tratamento de saúde mental apropriado para seus pacientes.

"Ganha-se dos dois lados", disse Yoon. "Há uma possibilidade de redução de custos no nosso sistema médico se identificarmos potenciais problemas de saúde mental precoce, antes que se tornem mais graves. E mais importante, o cuidado coordenado e a intervenção precoce levam a melhores resultados de saúde, e melhores cuidados para o paciente."

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
problema físico de saúde    saúde mental    Oregon State University    Jangho Yoon    política de saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.