Ciência e Tecnologia
publicado em 16/07/2012 às 15h13:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Yuri Arcurs/Depositphotos
No estudo, foram avaliados 8 mil homens e mulheres acima de 50 anos. Os voluntários relataram a frequência com que utilizavam a Internet e, em seguida, foram submetidos a testes psicológicos
  « Anterior
Próxima »  
No estudo, foram avaliados 8 mil homens e mulheres acima de 50 anos. Os voluntários relataram a frequência com que utilizavam a Internet e, em seguida, foram submetidos a testes psicológicos

Idosos que utilizam a internet para fins sociais são menos propensos a sofrerem de depressão. É o que aponta estudo conduzido na Universidade do Alabama, nos Estados Unidos.

Os pesquisadores analisaram cerca de 8 mil homens e mulheres acima de 50 anos e descobriram que os voluntários que disseram utilizar as redes sociais regularmente eram 33% menos propensos a serem diagnosticados com depressão, em comparação com não-usuários. No estudo, os voluntários relataram a frequência com que utilizavam a Internet e, em seguida, foram avaliados para doença mental.

Número de idosos conectados à rede está crescendo. Dados apontam que um terço (33%) das pessoas com mais de 65 anos utilizam as redes sociais. Há três anos, somente 6% desta população se declarou usuária da internet.

"Nossos resultados sugerem que o uso da internet tem um efeito positivo sobre a depressão", diz a líder do projeto, Shelia Cotten. "A Internet parece ajudar adultos mais velhos, muitos dos quais têm mobilidade prejudicada, a manter contato com amigos e familiares, além disso auxilia na ampliação de suas redes sociais", completa a socióloga.

A descoberta chega em um bom momento, pois estatísticas da Pew Research Center (EUA) mostram que o número de idosos conectados à rede está crescendo. Dados apontam que um terço (33%) das pessoas com mais de 65 anos utilizam as redes sociais. Há três anos, somente 6% desta população se declarou usuária da internet.

Outro estudo da Universidade da Califórnia mostra alterações cerebrais em homens e mulheres uma semana após a utilização da Internet pela primeira vez. Resultados apontam que o ingresso na rede estimula a atividade nervosa das células, o que tem potencial para impulsionar o funcionamento do cérebro em idosos.

Acesse aqui o Abstract do estudo.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Internet    Redes sociais    Idosos    50 anos    Depressão    Shelia Cotten   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
internet    redes sociais    idosos    50 anos    depressão    Shelia Cotten   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.