Saúde Pública
publicado em 13/07/2012 às 10h36:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A Food and Drug Administration EUA (FDA) em conjunto com a Universidade da Califórnia Davis (UC Davis), a Agilent Technologies Inc. e o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) anunciaram parceria para criar um banco de dados público de 100 mil genomas de patógenos de origem alimentar.

A estratégia visa ajudar a acelerar a identificação de bactérias responsáveis por surtos de origem alimentar.

O banco de dados irá fornecer um roteiro para o desenvolvimento de testes capazes de identificar os patógenos e fornecer informações sobre sua origem. Os testes têm o potencial de reduzir significativamente o tempo de resposta típico da saúde pública a surtos de doenças transmitidas por alimentos para dias em vez de semanas.

O ' Projeto Genoma 100K' deve levar cinco anos para sequenciar o código genético de aproximadamente 100 mil patógenos de origem alimentar e tornar essa informação disponível em um banco de dados público e gratuito. O sequenciamento vai incluir os genomas de importantes patógenos de origem alimentar, tais como Salmonella, Listeria e E. coli.

"Esse projeto vai aproveitar a tecnologia de ponta de sequenciamento do genoma para melhorar a compreensão e a resposta a surtos transmitidos por alimentos", afirma Margaret A. Hamburgo, da FDA.

A agência está fornecendo mais de 500 sequenciamentos já concluídos da Salmonella e de outras cepas de patógenos alimentares importantes para apoiar o projeto.

"Cada ano nos Estados Unidos há mais de 48 milhões de casos de doenças transmitidas por alimentos. Um problema dessa magnitude exige uma contramedida igualmente extensa. Vemos esse projeto como uma forma de melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas, minimizando o risco para os produtores e distribuidores de alimentos", observa Mike McMullen, da Agilent.

"Proteger a população americana de doenças transmitidas por alimentos é uma prioridade de saúde pública e requer o esforço conjunto de parceiros públicos e privados", destaca Beth Bell, do CDC.

A identificação dos patógenos responsáveis por doenças de origem alimentar e surtos é apenas uma parte da resposta da saúde pública. É preciso ainda determinar qual o alimento ou ingrediente está contaminado e de onde veio. Este pode ser um desafio, especialmente quando alimentos com multi-ingredientes estão envolvidos ou o mesmo ingrediente é originado de vários fornecedores de todo o mundo.

"Quando utilizado como parte de um sistema geral de vigilância e investigação de surtos, a informação genética do novo banco de dados, em combinação com informações geográficas sobre os patógenos, ajudará as autoridades de saúde pública mais rapidamente localizar a fonte de contaminação responsável por um surto", concluem os pesquisadores.


UCDavis
Microbiologista da UC Davis descreve 'Projeto Genome 100k'

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Patógenos alimentares    surtos de origem alimentar    Food and Drug Administration    Agilent Technologies Inc.    CDC    Margaret A. Hamburgo   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.