Geral
publicado em 12/07/2012 às 20h37:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Alejandro Kirchuk/Reprodução
Pesquisa aponta que atendimento mais humanizado por parte dos familiares cuidadores ajuda a reduzir o uso de medicamentos de controle
  « Anterior
Próxima »  
Pesquisa aponta que atendimento mais humanizado por parte dos familiares cuidadores ajuda a reduzir o uso de medicamentos de controle

Pesquisa desenvolvida na Universidade de Brasília (UNB) aponta que o atendimento humanizado a pacientes com distúrbios, como falha de memória, confusão mental, mudanças de humor ou algum outro sinal de demência, pode reduzir a necessidade de administração de medicamentos.

De acordo com a investigação da pesquisadora farmacêutica Aline Folle, pacientes sob cuidados apropriados ainda podem atenuar males como depressão, mudanças de humor, ansiedade e paranóia. Ela também indica que o caso mais comum é o de Alzheimer, mal correspondente a 70% dos diagnósticos de demência no mundo, e muito comum na terceira idade. " A demência em idosos era vista como simples problemas de memória naturais ao processo de envelhecimento" , conta.

Para o diretor do Centro de Medicina do Idoso do Hospital Universitário de Brasília (HUUNB), Marco Polo Dias, o trabalho de Aline, ao procurar entender e se aprofundar na rotina dos cuidadores familiares, " auxilia na identificação das lacunas de conhecimento deles" . Ele diz ainda que, ao conhecer melhor a doença, entende-se o processo como ela acontece, "sendo possível cuidar do idoso de forma mais adequada. Esse estudo aponta para o fato de que pacientes com demência que recebem cuidados apropriados necessitam menos de remédios para atenuação de comportamento" , explica.

No trabalho, foram entrevistados 26 familiares cuidadores de pessoas com demência. As conversas foram gravadas e submetidas a um programa de computador. O resultado dessa análise aponta para os temas e problemas mais recorrentes em dois eixos principais: a rotina de cuidados e as repercussões emocionais. " Fica mais fácil identificar quais são as necessidades dos cuidadores. O sofrimento dos familiares em uma doença social é inevitável, mas pode ser administrado da melhor forma possível" , diz Aline.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Demência    Alzheimer    Humanização    UNB    Remédios    Idosos   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Demência    Alzheimer    humanização    UNB    remédios    idosos   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.