Foto Saúde
publicado em 09/07/2012 às 15h14:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Ministério da Saúde
Projeto Suporte vai beneficiar em torno de 55 pacientes da região Norte do país. Objetivo é levar a localidades com baixa capacidade de oferta de serviços especializados, atendimento em traumatologia e ortopedia.
  « Anterior
Próxima »  
Projeto Suporte vai beneficiar em torno de 55 pacientes da região Norte do país. Objetivo é levar a localidades com baixa capacidade de oferta de serviços especializados, atendimento em traumatologia e ortopedia.

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) realiza, este mês, duas ações cirúrgicas do projeto Suporte que irão beneficiar em torno de 55 pacientes da região Norte do país. O projeto consiste em levar a localidades com baixa capacidade de oferta de serviços especializados, na área de traumatologia e ortopedia, equipes de profissionais para promover cirurgias, em parceria com as secretarias de saúde.

Uma semana depois, a equipe retorna ao Acre, desta vez, para realizar 25 cirurgias de quadril, entre os dias 23 e 27 de julho, no Hospital de Clínicas do Estado. Esses pacientes aguardam por cirurgia no cadastro da Central Nacional de Regulação de Alta Complexidade (CNRAC) do Ministério da Saúde.

Segundo um dos coordenadores, José Luis Ramalho, o trabalho é realizado com base na necessidade dos estados cadastrada no sistema CNRAC. " Esse ano fizemos cinco viagens, sendo duas para o Acre, duas para o Amazonas e uma para Roraima. Ao todo, 97 pacientes já foram beneficiados. Com as ações de julho, serão 152 pacientes atendidos este ano" , afirmou.

Dentro da parceria com o Into, as secretarias de saúde disponibilizam toda a estrutura hospitalar e ainda promovem o intercâmbio convidando os profissionais locais para a troca de experiências e a capacitação prática in loco, previstas no projeto. O tratamento e a recuperação são feitos juntos aos familiares, com o acompanhamento de médicos da região.

Logística

A ação cirúrgica conta com vários profissionais (entre médicos, enfermeiros e técnicos) envolvidos diretos no projeto e atualmente é realizada uma ou duas vezes por mês. A equipe se prepara previamente, iniciando o processo pela articulação com o estado que será atendido, seguido da avaliação clínica dos pacientes por médicos do Into. Enquanto isso, a parte logística é organizada para a viagem da equipe e o transporte de implantes e próteses ortopédicas, entre outros insumos, produtos e equipamentos necessários para as cirurgias.

Fonte: INTO
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
traumatologia    ortopedia    projeto Suporte    Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia    Into   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.