Geral
publicado em 07/07/2012 às 10h54:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Scienc
Pesquisadores autralianos descobriram mecanismo promissor para a cura de lesões da medula espinhal no peixe-zebra.
  « Anterior
Próxima »  
Pesquisadores autralianos descobriram mecanismo promissor para a cura de lesões da medula espinhal no peixe-zebra.

Pesquisadores da Monash University, na Austrália, descobriram um mecanismo promissor para a cura de lesões da medula espinhal no peixe-zebra.

A pesquisa revela que uma proteína presente no peixe pode ser a diferença fundamental entre a regeneração da medula em peixes e mamíferos.

Uma das grandes barreiras para a regeneração medular em mamíferos é um mecanismo natural de proteção, que resulta em um efeito colateral indesejado. Depois de uma lesão medular, células do sistema nervoso chamadas glias são ativadas e inundam a área para curar a ferida para proteger o cérebro e a medula espinal. Ao fazer isso, no entanto, a glia cria tecido cicatricial que atua como uma barreira física e química impedindo novos nervos de crescerem no local da lesão.

A diferença entre as células da glia em mamíferos e peixes é a estrutura: a glia de mamíferos assume arranjos altamente ramificados que parece se entrelaçar no tecido denso. As células da glia dos peixes, ao contrário, adota uma forma simples alongada, chamada morfologia bipolar, que abre caminho para o local da lesão e ajuda novas células nervosas a crescerem na área danificada para curar a medula espinhal.

"O peixe-zebra não tem tanta inflamação e a lesão não é tão grave como em mamíferos, assim podemos realmente ver os efeitos pró-regenerativos que acontecem nesses peixes", observa a pesquisadora Yona Goldshmit.

Estudos em ratinhos descobriram que a glia de mamíferos podem até apresentar a mesma forma alongada, mas em resposta ao ambiente em torno da lesão elas criam tecido cicatricial que não permite crescimento de novos nervos.

Goldshmit e seus colegas se centraram em uma família de moléculas chamadas fatores de crescimento fibroblástico (Fgf), que mostraram alguma evidência na recuperação e melhoria em camundongos e humanos com danos na medula espinhal.

Eles descobriram que a atividade de Fgf em torno do local danificado promove a forma bipolar glial e incentiva a regeneração nervosa no peixe-zebra.

Resultados preliminares em camundongos mostram que as injeções de Fgf perto da lesão medular aumentam tanto o número de células da glia no local quanto a morfologia alongada.

Segundo os pesquisadores, a pesquisa sugere que Fgf pode trabalhar para criar um ambiente mais favorável de regeneração em mamíferos e poderia ser um alvo terapêutico valioso.

"Pacientes com lesão da coluna vertebral geralmente têm poucas opções. O desenvolvimento de novas abordagens baseadas na biologia é fundamental. Este é um bom exemplo de como podemos usar o peixe-zebra como modelo de estudo. Quando aprendemos o que olhar a partir do peixe-zebra, podemos encontrar coisas que nos dão esperança para descobrir abordagens terapêuticas para lesão da medula espinhal em seres humanos", conclui a pesquisadora.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Lesão medular    medula espinhal    peixe-zebra    fator de crescimento fibroblástico    Monash University    Yona Goldshmit   
Comentários:
Comentar
francisco rangel
postado em:
22/12/2012 22:43:07
tienen fecha para iniciar ensayo clinico con personas?
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.