Geral
publicado em 06/07/2012 às 21h33:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Com 57 leitos, sendo 34 para a unidade de terapia intensiva (UTI), foi inaugurada hoje (6) a Coordenação de Emergência Regional (CER) Nova Monteiro, que funcionará ao lado do Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, zona sul da capital fluminense. Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o objetivo da nova unidade é desafogar a emergência do Miguel Couto para os casos de alta complexidade.

" A porta de entrada para o Miguel Couto vai ser com mais qualidade e conforto, fazendo a classificação de risco desde o início e tendo um atendimento mais humanizado. Esses leitos de UTI vão ficar como retaguarda para os grandes problemas de emergência no Rio, como traumas, acidentes importantes, situações de enfarto agudo do miocárdio, isquemias e derrames cerebrais" , explicou Padilha ao participar da cerimônia de inauguração ao lado da presidenta da República, Dilma Rousseff.

O ministro acrescentou que o ministério vai lançar um edital em breve para contratação de mais 180 leitos de retaguarda na região da Barra da Tijuca e de Jacarepaguá, na zona oeste da cidade. Eles serão destinados a pacientes atendidos em prontos socorros que precisam dar continuidade ao tratamento em uma unidade de saúde.

" Uma das coisas que identificamos é que a pessoa tem a vida salva no pronto socorro, mas fica dois, três, quatro dias esperando um leito para continuar seu tratamento, às vezes em macas, nos corredores. Com esses leitos, que serão contratados pela prefeitura e ficarão à disposição para retaguarda, ela continua o tratamento em um local adequado e humanizado" , disse.

Ainda durante o evento, o secretário municipal de Saúde, Hans Dohmann, informou que a previsão é que o Ministério da Saúde repasse cerca de R$ 18 milhões por ano para custear esses novos leitos.

A Coordenação de Emergência Regional inaugurada hoje é a terceira do município. Funcionando 24 horas, a unidade conta com cinco consultórios, salas de nebulização, sutura, curativos, exames laboratoriais e eletrocardiograma e tem capacidade para realizar 600 atendimentos diários.

Ao todo, o Ministério da Saúde investiu R$ 13,9 milhões para a construção da unidade e repassará mais R$ 4,3 milhões para aquisição de equipamentos. Mais três CERs devem ser inauguradas até o fim do ano no Rio.

O Hospital Municipal Miguel Couto faz parte das 12 instituições de dez estados que integram o Programa SOS Emergências, lançado no ano passado pelo governo federal para ampliar e qualificar o atendimento prestado nas principais emergências do país.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Hospital Miguel Couto    emergência    UTI    Unidade de Terapia Intensiva    Coordenação de Emergência Regional    CER   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.