Ciência e Tecnologia
publicado em 06/07/2012 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Maxim Dupliy, Amir Amedi and Shelly Levy-Tzedek
Demonstração do aparelho EyeMusic que converte imagem em música
  « Anterior
Próxima »  
Demonstração do aparelho EyeMusic que converte imagem em música

Pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, utilizaram um dispositivo que converte imagens em música para ajudar deficientes visuais a "enxergar" objetos.

O estudo, publicado na revista Restorative Neurology and Neuroscience, revela que o dispositivo de substituição sensorial (SSD), que recebeu o nome de EyeMusic, pode ajudar não só na percepção do ambiente como melhorar o desempenho durante as atividades diárias.

EyeMusic emprega tons musicais agradáveis e escalas para ajudar os deficientes visuais a "verem" usando a música. O dispositivo não invasivo converte imagens em uma combinação de notas musicais, ou "paisagens sonoras".

O dispositivo, desenvolvido pelo professor Amir Amedi e sua equipe digitaliza uma imagem e representa pixels em altas posições verticais como notas musicais agudas e baixas posições verticais como notas de baixa-frequência de acordo com uma escala musical que soa agradável em muitas combinações possíveis.

A imagem é digitalizada continuamente, da esquerda para a direita, e um sinal sonoro é usado para marcar o início da verificação. A localização horizontal de um pixel é indicada pela duração das notas musicais e o brilho é codificado pelo volume do som.

O algoritmo EyeMusic usa instrumentos musicais diferentes para cada uma das cinco cores. Segundo os pesquisadores, as notas tocadas foram cuidadosamente escolhidas pelos músicos para criar uma experiência agradável para os usuários.

O estudo testou a capacidade de 18 indivíduos normais vendados para executar movimentos guiados pelo EyeMusic e comparou os movimentos com os realizados com orientação visual. Na primeira, os participantes vendados foram submetidos a uma sessão de familiarização curta, onde eles aprenderam a identificar a localização de um único objeto ou de dois objetos adjacentes.

Nas sessões de teste, os participantes usaram uma caneta em uma mesa digitalizadora para apontar para um quadrado branco localizado no norte, sul, leste ou oeste.

"Os participantes foram capazes de usar as informações sonoras para criar uma representação espacial relativamente precisa", observa a pesquisadora Shelly Levy-Tzede.

Segundo os pesquisadores, os SSDs podem ter um grande potencial para fornecer informação espacial detalhada para o deficiente visual, permitindo-lhes interagir com seu ambiente externo e fazer movimentos com base nessas informações melhorando suas tarefas diárias, mas mais pesquisas são necessárias para utilização do dispositivo em pacientes cegos.

Clique aqui para ouvir exemplos de sons utilizados no estudo.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Deficiência visual    Música    EyeMusic    Universidade Hebraica de Jerusalém    Amir Amedi   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Deficiência visual    música    EyeMusic    Universidade Hebraica de Jerusalém    Amir Amedi   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.