Geral
publicado em 03/07/2012 às 18h59:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Uma estratégia desenvolvida na Universidade d Campinas (Unicamp) pode ser a chave para que pacientes não criem resistência ao tratamento contínuo contra a insuficiência cardíaca. Estudo clínico utilizando jogos de papéis (RPG, na sigla em inglês) constatou mais disposição por parte dos pacientes em aderir à terapia. Houve também melhora na qualidade de vida dos atendidos que participaram da pesquisa.

O trabalho experimental foi feito com 99 pacientes do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (SP). Fundada na simulação de uma situação próxima da vida real, o método permitiu, na pesquisa clínica, que os pacientes reconhecessem os benefícios do tratamento a partir de suas experiências prévias e dos saberes compartilhados, explicou a enfermeira. " O Jogo de Papéis é essencial como ferramenta colaborativa, na qual os participantes encontram suas próprias soluções" , explica a pesquisadora responsável pelo estudo, enfermeira Izabel Saccomann.

O estudo foi baseado em modelo teórico americano, da década de 1950, que busca compreender o fracasso na participação de pacientes nos programas de prevenção de doenças. Conforme a pesquisadora, este modelo preconiza que o paciente só vai mudar o comportamento se acreditar que as barreiras do tratamento serão superadas pelos benefícios. " Neste Programa, eu trabalhei, portanto, com os benefícios e barreiras percebidas com relação ao diurético e ao controle de peso e edemas. Com estas estratégias, conseguimos modificar algumas crenças negativas que os pacientes tinham com relação à terapia. No final dos encontros fazíamos um pacto com todos; e eles propunham tomar os medicamentos na dose e horários certos e controlar melhor o peso e o inchaço. O conhecimento dos pacientes sobre a importância da monitoração diária do peso, restrição de líquidos, diminuição do sódio na dieta e tomada de medicamentos constitui aspecto relevante para a mudança de comportamento e, consequentemente, do seu estilo de vida" , completa Izabel.

Com informações da Unicamp

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   RPG    Unicamp    Insuficiência cardíaca    Taxas de mortalidade   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
RPG    Unicamp    insuficiência cardíaca    taxas de mortalidade   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.