Ciência e Tecnologia
publicado em 30/06/2012 às 15h04:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Molécula que comunidade científica acreditava combater diversas formas de câncer na verdade ajuda tumor letal de tireóide crescer ainda mais rápido. É o que aponta pesquisa realizada por pesquisadores da Mayo Clinic, nos Estados Unidos, publicada na edição online do Journal of Cell Science.

Uma questão que agrava a descoberta é o fato de novos medicamentos baseado na molécula estarem atualmente sendo testados em humanos "O resultado foi exatamente o oposto do que esperávamos", diz o pesquisador envolvido no estudo John Copland, que continua: "ficamos mais do que surpresos. Ficamos preocupados."

Os cientistas descobriram que, no caso do câncer anaplásico da tireoide, o fator de transcrição Forkhead (FOXO3a) não é capaz de suprimir tumores como se pensava. Em vez disso, ele é um promotor letal de crescimento do tumor. Quando o FOXO3a era paralisado, em modelos de laboratório, as células tumorais cresciam vagarosamente. Mas quando era ativado, elas cresciam muito mais rapidamente.

O FOXO3a é conhecido como um supressor do crescimento de tumores porque ele responde a todas as formas de estresse das células, incluindo o que é produzido em casos de câncer - o fator então ativa genes dentro do núcleo que provocam a morte da célula. Sabe-se que o câncer, por sua vez, desativa o FOXO3a ao mandá-lo para fora do núcleo e para dentro do citoplasma da célula, onde ele é degradado. A molécula que leva o FOXO3a para fora do núcleo é a Akt, que tenta manter vivas as células do câncer.

A equipe de pesquisa usou um bloqueador da Akt - similar aos que estão sendo usados agora em estudo clínicos de novos medicamentos para o câncer - esperando aumentar o FOXO3a nuclear e suprimir o crescimento do câncer. O estudo mostrou que, com o uso de um inibidor da Akt, o FOXO3a permaneceu no núcleo. Mas, em vez de ajudar a matar as células cancerosas, o FOXO3a estava ajudando a acelerar o crescimento delas. Isso traz preocupações quanto o uso de inibidores da Akt, visto que um dos mecanismos de combate ao câncer é forçar o FOXO3a a permanecer ativo no núcleo.

"Descobrimos que há um comutador biológico que converte o FOXO3a do lado do bem para o lado do mal, mas ainda não sabemos o que é ou em que tipos de câncer isso pode acontecer," explica Laura Marlow, co-autora do estudo.

"Pesquisadores do câncer, incluindo os que estão testando inibidores da Akt, deveriam saber que o FOXO3a tem uma atividade pró-câncer, ao mesmo tempo que tem propriedades anticâncer", diz Copland. "Deve existir a preocupação de que um inibidor da Akt irá melhorar a retenção do FOXO3a no núcleo, fazendo com que o FOXO3a permaneça ativo".

A descoberta sobre o FOXO3a veio a partir de uma tentativa dos pesquisadores de encontrar um tratamento para um dos tipos de câncer mais fatais que se conhece - o câncer anaplásico da tireoide. Ele responde por apenas 2% dos casos de câncer de tireoide, mas é responsável por cerca de 40% das mortes causadas por esse tipo específico da doença.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Molécula    FOXO3a    forkhead    forkhead fator de transcrição    o crescimento do tumor    os tumores da tiróide    tumores da tiróide crescer   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.