Geral
publicado em 20/06/2012 às 19h50:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: University of California/San Diego
Don W. Cleveland, líder da pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Don W. Cleveland, líder da pesquisa

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, descobriram que o tratamento com um único medicamento é capaz de silenciar o gene mutante responsável pela doença de Huntington, diminuindo e revertendo a progressão da doença fatal em modelos animais.

A pesquisa, publicada na revista Neuron, sugere que a terapia poderia causar benefícios motores e neurológicos e motores em adultos humanos com formas moderadas e graves da doença neurodegenerativa.

Para o trabalho, o pesquisador Don W. Cleveland e seus colegas aplicaram em ratos e modelos de primatas da doença de Huntington injeções únicas de uma droga de DNA baseada em oligonucleotídeos. Estes oligonucleotídeos se ligam e destroem seletivamente as instruções moleculares que levam o gene mutante a criar as toxinas de Huntington.

O tratamento único produziu resultados rápidos. Os animais tratados começaram a se mover melhor um mês após a terapia e alcançaram função motora normal dentro de dois meses. Mais notavelmente, os benefícios persistiram por nove meses, bem depois que a droga já havia desaparecido e a produção de proteínas tóxicas tinha sido reestabelecida.

Além de melhorar a função motora e cognitiva, os pesquisadores disseram que o tratamento também bloqueou a atrofia cerebral e aumentou a vida útil de camundongos com uma forma grave da doença. A terapia foi igualmente eficaz se um ou mais genes eram mutantes, um indicador positivo para a terapia em seres humanos.

Segundo Cleveland, a abordagem foi particularmente promissora porque terapias com oligonucleotídeos são comprovadamente seguras e são o foco do desenvolvimento de muitos medicamentos. "Além disso, as descobertas podem ter implicações mais amplas, para outras doenças neurodegenerativas e talvez até para os cânceres do sistema nervoso, como glioblastomas", conclui o pesquisador.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Doença neurodegenerativa    doença de Huntington    função motora    função neurológica    Universidade da Califórnia    Don W. Cleveland   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.