Geral
publicado em 19/06/2012 às 20h14:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Consumir uma dieta rica em sal durante vários anos pode causar danos graves nos vasos sanguíneos, aumentando o risco de desenvolver pressão alta, de acordo com estudo divulgado pela American Heart Association.

Pesquisa mostra que pessoas com este tipo de lesão nos vasos sanguíneos e que continuam a comer dieta rica em sal têm mais probabilidade de desenvolver hipertensão, ou pressão arterial elevada.

Os pesquisadores não avaliaram a relação de causa e efeito entre a ingestão de sal e a pressão arterial elevada. "No entanto os resultados do estudo acrescentam evidências de que uma dieta rica em sal está intimamente ligada à pressão alta. Além disso, este estudo reforça as diretrizes apoiadas por organizações e profissionais que recomendam reduzir o consumo de sal para minimizar o risco de hipertensão", afirma o pesquisador John Forman, do Brigham and Women' s Hospital.

Para o estudo, a equipe rastreou a ingestão de sódio de 5.556 homens e mulheres da população geral de Groningen, na Holanda. O consumo foi avaliado através do recolhimento de várias amostras de urina, considerado o melhor método para medir a ingestão de sódio.

Os pesquisadores analisaram a associação entre o consumo de sódio e os níveis sanguíneos de ácido úrico e albumina na urina, ambos os marcadores de lesão dos vasos sanguíneos, em participantes que não tomam remédio para pressão arterial elevada.

Durante um acompanhamento médio de 6,4 anos, 878 novos diagnósticos de hipertensão arterial foram feitos.

O maior consumo de sódio foi associado com níveis crescentes de ácido úrico e albumina ao longo do tempo. Quanto maior os níveis destes marcadores, maior o risco de desenvolver hipertensão se a ingestão de sal na dieta foi alta.

Comparado com os participantes que comeram menor quantidade de sódio (cerca de 2.200 miligramas por dia), aqueles que comeram mais (cerca de 6.200 mg / d) eram 21% mais propensos a desenvolver pressão arterial elevada. No entanto, aqueles que tinham altos níveis de ácido úrico e comeram mais sal eram 32% mais propensos a desenvolver pressão arterial elevada enquanto que aqueles com níveis elevados de albumina na urina e alto consumo de sal tinham 86% mais chances de desenvolver hipertensão.

Como o estudo envolveu apenas europeus caucasianos, os pesquisadores afirmam que os testes devem ser replicados em hispânicos, afro-americanos e outras parcelas da população.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Sal    Sódio    Hipertensão    Pressão arterial    Brigham and Women's Hospital    John Forman   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Sal    sódio    hipertensão    pressão arterial    Brigham and Women's Hospital    John Forman   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.