Geral
publicado em 19/06/2012 às 18h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: University of British Columbia
Criança durante os experimentos que testaram sua sociabilidade e capacidade de compartilhar
  « Anterior
Próxima »  
Criança durante os experimentos que testaram sua sociabilidade e capacidade de compartilhar

Pesquisadores da Universidade de British Columbia, no Canadá, mostraram, pela primeira vez, que a generosidade pode tornar as crianças mais felizes.

O estudo, publicado na PLoS One, descobriu que crianças com menos de dois anos de idade são mais felizes quando compartilham as próprias guloseimas do que quando recebem.

Além disso, os pesquisadores notaram que as crianças são mais felizes quando dão seus próprios pertences do que quando dão um pertence idêntico que não é delas.

Segundo os pesquisadores, as descobertas apoiam pesquisas recentes que mostram que os adultos se sentem bem quando ajudam os outros e pode explicar por que as pessoas agem de maneira pró-social, mesmo quando isso envolve custo pessoal.

"As pessoas tendem a assumir que as crianças são naturalmente egoístas. Estes resultados mostram que as crianças são realmente mais felizes em dar do que receber", afirma a coautora do estudo Lara Aknin.

Durante o estudo, cada criança recebeu algumas guloseimas. Poucos minutos depois, a criança foi convidada a dar uma dessas guloseimas a um fantoche. Além disso, o pesquisador forneceu uma guloseima extra e pediu que a criança a entregasse ao boneco. As reações das crianças foram filmadas e, posteriormente, classificadas em uma escala de sete pontos de ' felicidade' .

Quando as crianças partilharam sua própria guloseima com o boneco, elas apresentaram maior felicidade do que ao dar a guloseima extra fornecida pelo pesquisador. Esse contraste mostra que ao invés de classificar o comportamento generoso como aversivo, elas o acham emocionalmente gratificante.

Estas descobertas podem ajudar a explicar por que os humanos ajudam os outros, inclusive algumas pessoas que acabaram de conhecer. O fato de que as crianças se alegram ao dar suas guloseimas sugere que a capacidade de retirar felicidade ado fato de ajudar os outros está profundamente enraizada na natureza humana.

UBCHamlinLab
Crianças demonstram felicidade ao dar as próprias guloseimas a fantoches.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Generosidade    Felicidade    Universidade de British Columbia    Lara Aknin   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Generosidade    felicidade    Universidade de British Columbia    Lara Aknin   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.