Saúde Pública
publicado em 17/06/2012 às 15h03:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: César Brustolin /SMCS
O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, vacina criança no lançamento da campanha, na Boca Maldita, em Curitiba
  « Anterior
Próxima »  
O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, vacina criança no lançamento da campanha, na Boca Maldita, em Curitiba

O Paraná foi o Estado que mais vacinou contra a poliomielite no primeiro dia da campanha nacional. A afirmação é do secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto. " Com uma boa cobertura vacinal diminuem as chances de o vírus voltar a circular" , afirmou.

No Dia D da campanha, neste sábado (16), mais de 524 mil crianças foram imunizadas, o que corresponde a 72% do público-alvo estimado pelo Ministério da Saúde para o Estado. No Paraná, a meta é imunizar 95% (690 mil) das crianças menores de cinco anos de um total 729 mil. Segundo dados do programa nacional de imunização, dos 399 municípios, 44 já atingiram a meta.

O lançamento da campanha de vacinação contra a poliomielite no estado aconteceu no bairro da Boca Maldita, em Curitiba. Durante o evento, o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, lembrou que os pais devem estar atentos ao calendário de vacinação. " Não deixem de levar a Carteira de Saúde da Criança para os vacinadores conferirem se todas as doses recomendadas foram aplicadas" explica.

Em todo o Brasil, foram distribuídos 23 milhões de doses. Para alcançar a meta, o país precisa imunizar ao menos 13,5 milhões de crianças. Os investimentos do ministério com a campanha somaram R$ 37 milhões.

A partir deste ano, a dose é ofertada em uma única etapa. Até o ano passado, eram duas. A vacina é indicada para todas as crianças menores de cinco anos, mesmo as que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarréia.

A paralisia infantil é considerada endêmica pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Afeganistão, Nigéria e Paquistão. Angola, Chade e Congo, que já estiveram livres da doença, voltaram a registrar casos este ano.

Nenhum caso da doença é registrado no Brasil desde 1989. O último caso registrado no Paraná foi em 1986. O vírus causador da enfermidade ainda circula por pelo menos 35 países do mundo. Não existe tratamento para a poliomielite e somente a prevenção, por meio da vacina, garante a imunidade.

Com informações da Secretaria de Saúde do Paraná e da Agência Brasil

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Poliomielite    Paralisia infantil    Paraná    Secretaria de Estado da Saúde   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
poliomielite    paralisia infantil    Paraná    Secretaria de Estado da Saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.