Geral
publicado em 13/06/2012 às 14h10:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Stock Xchng
Doses elevados de eritropoietina aumentam desempenho físico sem alterar a produção de células vermelhas do sangue
  « Anterior
Próxima »  
Doses elevados de eritropoietina aumentam desempenho físico sem alterar a produção de células vermelhas do sangue

Pesquisadores da University of Zurich, na Suiça, descobriram que um hormônio do sangue é capaz de agir no cérebro para melhora a motivação de pessoas ao exercício físico.

A descoberta tem benefícios para uma ampla gama de problemas de saúde que variam de Alzheimer à obesidade, incluindo a depressão.

Pesquisa anteriores mostraram que a aplicação da eritropoietina humana recombinante (EPOrh) melhora a capacidade de exercício estimulando a produção de células vermelhas do sangue o que, por sua vez, melhora a entrega e a utilização de oxigênio.

Agora, os pesquisadores descobriram que quando aplicada em doses elevadas, EPOrh atravessa a barreira sangue-cérebro, provocando efeitos neuronais protetores, aumentando o desempenho físico sem alterar a produção de células vermelhas do sangue (eritropoiese).

"Aqui nós mostramos que a EPOrh aumenta a motivação para o exercício assim que chega ao cérebro. Provavelmente, esse hormônio apresenta ainda um efeito geral sobre o humor de uma pessoa e pode ser utilizado em doentes que sofrem de depressão e doenças relacionadas", afirma o pesquisador Max Gassmann.

Para o trabalho, a equipe utilizou dois modelos de ratos, um transgênico Tg21, que expressa EPO humana em excesso exclusivamente no cérebro sem afetar a eritropoiese, e um tipo selvagem tratado com uma dose única elevada de EPOrh.

Os resultados mostraram que ambos os modelos de animais demonstraram uma melhoria inesperada no desempenho de exercício sem a presença de alterações na massa total de hemoglobina.

"Nós confirmamos com este estudo que a Epo desencadeia um impulso de motivação no cérebro para aumentar o desempenho físico", explica Gassmann.

Ele e sua equipe estão agora testando o efeito cerebral de Epo na melhoria da performance em voluntários humanos.

Para ler esta pesquisa na íntegra (em inglês) clique aqui.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Exercício    Motivação    Eritropoietina    Epo    Depressão    University of Zurich    Max Gassmann   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Exercício    motivação    eritropoietina    Epo    depressão    University of Zurich    Max Gassmann   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.