Ciência e Tecnologia
publicado em 05/06/2012 às 12h45:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Corbis Free
Estudo conduzido na Mayo Clinic, nos Estados Unidos, comparou efeito do ginseng (foto) com o de um placebo
  « Anterior
Próxima »  
Estudo conduzido na Mayo Clinic, nos Estados Unidos, comparou efeito do ginseng (foto) com o de um placebo

Altas doses de ginseng (Panax quinquefolius) por um período superior dois meses reduz fadiga relacionada ao câncer. É o que aponta resultado de estudo conduzido na Mayo Clinic, nos Estados Unidos, que comparou o efeito da erva com o de um placebo.

Os pesquisadores estudaram 340 pacientes que completaram o tratamento contra o câncer ou ainda estão em tratamento. Cada dia, os participantes receberam um placebo ou 2 mil miligramas de ginseng administrado em cápsulas com raiz de ginseng americano.

Em quatro semanas, o ginseng puro forneceu apenas uma ligeira melhoria nos sintomas de fadiga. No entanto, em oito semanas, o ginseng oferecido pacientes com câncer proporcionou uma melhoria significativa na exaustão geral - sensação de "desgaste", "cansaço", "preguiça" - em comparação com o grupo que recebeu placebo.

"Depois de oito semanas, verificamos uma melhoria de 20 pontos na fadiga em pacientes com câncer, com base uma escala padronizada de cem pontos", diz a pesquisadora envolvida no estudo Debra Barton, que observa que a erva não ocasionou efeitos colaterais.

Ginseng tem sido muito utilizado na medicina tradicional chinesa como um impulsionador da energia natural. Até este estudo, os seus efeitos não haviam sido testados contra a fadiga debilitante que ocorre em até 90% dos pacientes com câncer. A fadiga neste público tem sido associada a um aumento de citocinas inflamatórias do sistema imunológico, bem como à níveis mal regulados de cortisol, o hormônio do estresse. Ingredientes ativos do ginseng, chamados ginsenosídeos, têm demonstrado em estudos com animais serem capazes de reduzir citocinas relacionadas com a inflamação e ajudar a regular os níveis de cortisol.

Acesse aqui o Abstract do estudo.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Ginseng    Ginseng americano    Fadiga    Câncer    Fadiga relacionada ao câncer    Pacientes com câncer    Debra Barton   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Ginseng    ginseng americano    fadiga    Câncer    fadiga relacionada ao câncer    pacientes com câncer    Debra Barton   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.