Profissão Saúde
publicado em 19/05/2012 às 11h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: BWH
Checklist contribui para que profissionais de saúde se lembrem de executar práticas essenciais como, por exemplo, a lavagem das mãos. Na foto, o autor sênior do estudo Gawande Atul
  « Anterior
Próxima »  
Checklist contribui para que profissionais de saúde se lembrem de executar práticas essenciais como, por exemplo, a lavagem das mãos. Na foto, o autor sênior do estudo Gawande Atul

Lista de verificação (checklist) simples melhora de forma significativa a adesão de profissionais de saúde a práticas essenciais e cuidados básicos para a realização de partos. É o que mostra estudo realizado no sul da Índia pela Harvard School of Public Health (HSPH) em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Das 29 práticas medidas, 28 apresentaram melhora após a adoção da lista de verificação. Resultados mostram que a adesão geral às práticas aumentou em150%.

"Este é um passo significativo porque dá esperança de que o uso desta ferramenta simples e de baixo custo pode ajudar as parteiras a aderirem aos padrões universalmente aceitos na assistência ao parto", disse o autor sênior do estudo Gawande Atul. Resultados aparecem na online da PLoS ONE.

Durante o trabalho de parto, ocorrem anualmente em países de baixa renda cerca de 300mil mortes maternas, 3,1 milhões de mortes de recém-nascidos e 1,2 milhão de natimortos. Os autores do presente estudo destacam que a maioria destas mortes são evitáveis. De 2008 a 2010, a HSPH e a OMS desenvolveram o projeto WHO Safe Childbirth Checklist (Lista de Verificação do Parto Seguro da OMS - em tradução livre) para verificar as principais causas de mortalidade materna e neonatal.

A lista foi testada em dez países, principalmente na África e sul da Ásia. Os 29 itens da lista se direcionam às principais causas de mortes maternas (por exemplo, hemorragia, infecção, parto obstruído e doença hipertensiva), natimortos e mortes neonatais (por exemplo, complicações de parto prematuro, infecções e asfixia ao nascer).

No estudo conduzido em um hospital em Karnataka, na Índia, os pesquisadores observaram as práticas de profissionais de saúde durante 499 partos, da admissão até a alta, introduzindo a lista de verificação para estabelecer uma linha base. Em seguida, compararam os resultados com 795 partos realizados após a implantação do ' checklist' .

Resultados revelam que o número de práticas essenciais desempenhadas pelos funcionários do hospital aumentaram de uma média de 10 de 29 itens, para 25 de 29 itens após a implementação da lista. "A lista de verificação contribui ativamente para que profissionais de saúde se lembrem de executar práticas comprovadas, tais como a lavagem das mãos, gerenciamento de infecção, a avaliação do sangramento pós-parto, amamentação e dentro de uma hora após o nascimento", observa o co-autor do projeto Bhala Kodkany.

Atualmente, os pesquisadores realizam um estudo em larga escala em mais de 100 hospitais no norte da Índia para determinar se o programa pode contribuir efetivamente para salvar a vidas de mulheres e recém-nascidos.

Acesse aqui o estudo na íntegra.

Faça o download do " Checklist" no link Table S1., disponibilizado abaixo do subtítulo SUPPORTING INFORMATION no estudo.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Checklist    Checklist de Baixo Custo    Parto    Trabalhadores de Saúde Durante o parto    Organização Mundial da Saúde (OMS   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.