Geral
publicado em 18/05/2012 às 20h10:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Corbis Free
Pesquisa sugere que consumo diário de café está associado com menor risco de morte
  « Anterior
Próxima »  
Pesquisa sugere que consumo diário de café está associado com menor risco de morte

O consumo diário de café pode reduzir o risco de morte em 10%, de acordo com um estudo divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos.

A pesquisa revela que adultos mais velhos que bebiam ao menos três xícaras de café, com cafeína ou descafeinado, por dia apresentaram menor risco de morte geral do que outros que não consumiam a bebida.

As pessoas que tomaram café tiveram uma probabilidade menor de morrer por doenças cardíacas, respiratórias, problemas cerebrais, lesões, diabetes e infecções, embora não tenha sido observada associação com o câncer.

A equipe, liderada por Neal Freedman e seus colegas, avaliou 400 mil homens e mulheres de 50 a 71 anos de idade. Eles descobriram ainda que a relação entre a bebida e a redução no risco de morte aumentou de acordo com a quantidade de café consumida.

Em relação aos homens e mulheres que não bebiam café, aqueles que consumiram três ou mais xícaras de café por dia tinham um risco cerca de 10% menor de morte.

"O café é uma das bebidas mais consumidas nos Estados Unidos, mas a associação entre consumo de café e o risco de morte não tinha sido claro. Descobrimos que o consumo de café é associado com menor risco de morte em geral e de morte em função de várias causas diferentes. Embora não podemos inferir uma relação causal entre o consumo de café e menor risco de morte, acreditamos que esses resultados fornecem garantia de que o consumo de café não prejudica a saúde", afirma Freedman.

Os pesquisadores alertam que não podem assegurar que essas associações significam que tomar café realmente leva as pessoas a viverem mais tempo.

"O mecanismo pelo qual o café protege contra o risco de morte se, de fato, a constatação reflete uma relação causal, não é claro, porque o café contém mais de mil compostos que podem potencialmente afetar a saúde. O composto mais estudado é a cafeína, apesar de nossos resultados terem sido semelhantes entre as pessoas que relataram consumo de café com e sem a substância", conclui o pesquisador.

Veja mais detalhes sobre esta pesquisa (em inglês).

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Café    Risco de morte    Expectativa de vida    Instituto Nacional do Câncer    Neal Freedman   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Café    risco de morte    expectativa de vida    Instituto Nacional do Câncer    Neal Freedman   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.