Geral
publicado em 17/05/2012 às 12h37:00
   Dê o seu voto:

Municípios afetados pelas cheias no Amazonas ganham hospitais flutuantes

Modelo de unidade fluvial para atendimento à população deve ser construído em cinco cidades nas próximas semanas

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Roberto Carlos/Agecom
Modelo de hospital flutuante para atendimento à população no município de Anamã (AM).
  « Anterior
Próxima »  
Modelo de hospital flutuante para atendimento à população no município de Anamã (AM).

O Governo do Amazonas vai instalar hospitais flutuantes em cinco municípios do interior que estão com as unidades de saúde locais isoladas por causa da cheia. O modelo de unidade fluvial de atendimento, já em funcionamento no município de Anamã, deve ser replicado nas próximas semanas outras três cidades.

Na última semana, equipes da Secretaria de Saúde de Estado (Susam) avaliaram o impacto da cheia nos serviços de saúde e acompanharam o plano emergencial que vai assegurar o atendimento nos próximos três meses. Em Anamã, a cheia deixou toda a cidade submersa. Cerca de 10 mil famílias enfrentam o isolamento e improvisam para se adaptar à vida sob as águas, segundo levantamento da prefeitura municipal.

O Hospital de Anamã está completamente alagado. Todo o serviço foi transferido para o hospital fluvial, instalado no município. A situação se repete em Caapiranga, Barreirinha, Careiro da Várzea e Anori, onde a dificuldade de acesso aos hospitais por causa da cheia se repete.

" O governo do estado está montando juntamente com o Ministério da Saúde e as prefeituras uma unidade flutuante onde tudo o que funcionava no hospital passa a ficar na unidade fluvial. No de Anamã, temos 20 leitos, laboratório para realizar todos os exames, o serviço de telemedicina com eletrocardiografia mandando as imagens para Manaus, (capital do estado) o ultrassom funcionando, a sala de parto e de internação" , afirma o secretário de estado da Saúde, Wilson Alecrim.

Segundo informou a secretaria de Saúde, em Anori, no médio Solimões, a água já está na porta do hospital do município e o acesso à unidade só é possível por meio de pontes de madeira improvisadas, o que põe em risco o atendimento a população. Na rua onde fica o posto de saúde público, a água também já começa a dar sinais.

Anori também será contemplada com o hospital fluvial nas próximas semanas para o atendimento durante o período da cheia. Enquanto isso, um barco da Marinha realiza os atendimentos. O Hospital da cidade ainda está funcionando, mas Alecrim acredita que nos próximos dias deverá ser interditado por causa da subida dos rios. O governo do estado também vai construir um novo hospital no município em outra área.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cheia    Hospital flutuante    Amazonas    Susam    Secretaria de Saúde de Estado do Amazonas   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Municípios afetados pelas cheias no Amazonas ganham hospitais flutuantes
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Municípios afetados pelas cheias no Amazonas ganham hospitais flutuantes


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
cheia    hospital flutuante    Amazonas    Susam    Secretaria de Saúde de Estado do Amazonas   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.