Ciência e Tecnologia
publicado em 04/05/2012 às 19h00:00
   Dê o seu voto:

Tratamento inédito no país substitui cirurgia em paciente com próstata aumentada

Feita com anestesia local, técnica semelhante ao cateterismo elimina a necessidade de internação do paciente

 
tamanho da letra
A-
A+

Uma nova técnica aplicada de forma pioneira no país pode ser a alternativa de tratamento àqueles pacientes com sintomas causados pela próstata aumentada com indicação de cirurgia. Trata-se de um procedimento minimamente invasivo que não necessita de internação e é feito com anestesia local. O tratamento da radiologia intervencionista é chamado de embolização das artérias prostáticas. No início desse mês, durante o Simpósio Global de Embolização e Tecnologias, o procedimento realizado no Hospital Sírio-Libanês foi transmitido ao vivo para Nova York.

Para tratar o paciente com a técnica semelhante ao cateterismo, um minúsculo tubo flexível de dois milímetros de diâmetro é introduzido na artéria femoral pela virilha, que sob orientação de um aparelho que emite raios-X, navega até a próstata, injetando microesferas de resina acrílica inofensiva ao organismo. Depois, com a redução da circulação, o órgão começa a diminuir de tamanho e alivia a obstrução da uretra, permitindo a passagem da urina.

" Os resultados podem ajudar esses pacientes a melhorar sua qualidade de vida e evitar complicações que eventualmente são causadas pela cirurgia, como impotência, ejaculação retrógrada, transfusão sanguínea e incontinência urinária" , afirmou o médico Francisco César Carnevale, do Hospital Sírio-Libanês e coordenador do estudo.

O sucesso do tratamento no estudo inicial foi de 91% (sucesso na retirada da sonda vesical com melhora dos sintomas em pacientes com retenção urinária), com redução de aproximadamente 30% do tamanho da próstata. Houve melhora significativa da qualidade de vida dos pacientes ao longo do seguimento.

" Até o momento, o acompanhamento desses pacientes variou de, no mínimo, um ano e meio a, no máximo, quatro anos. Todos estão sem sonda vesical e evoluindo bem após o tratamento por embolização. A avaliação e acompanhamento pelo urologista é indispensável para a realização desse novo procedimento" , acrescentou Carnevale.

Melhoras clínicas gerais nos sintomas do trato urinário baixo foram observadas e confirmadas pelos pacientes. Eles revelaram também um alto nível de satisfação e melhora da qualidade de vida após o tratamento.

Os resultados do tratamento pioneiro foram publicados no trabalho intitulado Qualidade de vida e alívio dos sintomas suportam a embolização das artérias prostáticas para pacientes com retenção urinária aguda devido à hiperplasia prostática benigna, cujo resumo está disponível online.

Técnica poderá ser exportada

Membros das Sociedades Americana (SIR) e Europeia (CIRSE) de Radiologia Intervencionista estiveram recentemente no Brasil para aprender sobre esse tratamento e iniciar o processo para que ele seja oferecido nos Estados Unidos e na Europa.

Os achados do estudo foram apresentados durante o 37º Congresso Anual da SIR, realizado na Califórnia, nos Estados Unidos, entre os dias 24 e 29 de março de 2012, sendo considerado entre os melhores trabalhos do evento.

Veja mais sobre o procedimento minimamente invasivo na íntegra.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Próstata    Cirurgia    Tratamento    Catéter    Radiologia    Francisco César Carnevale   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Tratamento inédito no país substitui cirurgia em paciente com próstata aumentada
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Tratamento inédito no país substitui cirurgia em paciente com próstata aumentada


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
próstata    cirurgia    tratamento    catéter    radiologia    Francisco César Carnevale   
Comentários:
Comentar
Julia Damasceno
postado em:
21/01/2013 09:41:12
Olá gostaria de saber onde são realizadas essas intervenções?
EDUARDO
postado em:
28/12/2012 17:54:34
COMO POSSO FAZER O TRATAMENTO DE EMBOLIZAÇÃO DAS ARTÉRIAS PROSTÁTICAS PELO SUS?
DAMIAO PAES
postado em:
21/10/2010 11:12:22
MORO EM NATAL,RN, GOSTARIA DE SABER QUAL A CLINICA OU HOSPITAL QUE FAZ ESSE PROCEDIMENTO NOVO SEM INTERNAÇÃO, TENHO PLANO DE SAUDE DA UNIMED SERA QUE ELE COBRE OBRIGADO......
damiao paes
postado em:
21/10/2010 11:12:22
moro em natal rio grande do norte, gostaria de saber onde posso fazer esse metodo no para prostata aumentada, meu urologista quer fazer rtu, da prostata mas tem internação de tres dias e com esse novo metodo nao precisa internação, tenho plano de saude da unimed, nao sei se ela cobre esse novo procedimento e se for fazer particular quanto custa, estou morando em natal rn obrigado um bom dia
adalberto
postado em:
21/10/2010 11:12:22
Sou portador da HPB. Como posso fazer uma consulta pelo SUS ?
jose campelo muniz
postado em:
09/05/2012 23:52:02
Gostaria de saber como tenho acesso aos enderecos E TELEFONES das clinicas e onde tao sendo realizados estes procedimentos
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.