Geral
publicado em 02/05/2012 às 17h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A combinação entre o uso do computador e a prática de exercícios leves, como caminhadas, ajuda a reduzir as chances de perda de memória e declínio cognitivo. É o que revela uma pesquisa realizada nos Estados Unidos.

O estudo relata uma interação sinérgica entre as atividades no computador e exercícios físicos moderados capaz de "proteger" a função do cérebro em pessoas acima dos 70 anos de idade.

Para o trabalho, Yonas Geda e seus colegas da Mayo Clinic analisaram 926 pessoas com idades entre 70 e 93 anos, que completaram questionários sobre a prática de exercícios físicos e o uso de computador um ano antes da data da entrevista.

Exercício físico moderado foi definido como caminhadas, aeróbica, musculação, golfe, tênis de dupla, yoga e artes marciais. Atividades cerebrais estimulantes incluíram leitura, artesanato, uso do computador, jogos, música e atividades sociais e artísticas em grupo.

Dessas atividades o estudo destacou o uso do computador por causa de sua popularidade.

"O envelhecimento é projetado para levar a um aumento dramático na prevalência de demência. Como o uso do computador tem se tornando cada vez mais comum e frequente entre todos os grupos etários, é importante analisar como ele se relaciona com o envelhecimento e a demência", afirma Geda.

O estudo examinou o exercício físico e o uso do computador e sua relação com os riscos neurológicos, como transtorno cognitivo leve. Comprometimento cognitivo leve é o estágio intermediário entre a perda de memória normal que vem com o envelhecimento e a doença de Alzheimer primitiva.

Dos participantes do estudo que não se exercitavam e não usavam um computador, 20,1% eram cognitivamente normais e 37,6% apresentavam sinais de comprometimento cognitivo leve.

Entre os participantes que tanto se exercitavam quanto faziam uso do computador, 36% eram cognitivamente normais e 18,3% mostraram sinais de perda de memória.

Geda e seus colegas esperam que esse estudo possa levar a uma maior investigação sobre esta associação benéfica, especialmente para pacientes idosos.

mayoclinic
Usar o computador e fazer caminhada pode evitar demência, revela estudo

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Computador    Exercícios físicos    Perda de memória    Demência    Yonas Geda    Mayo Clinic   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Computador    exercícios físicos    perda de memória    demência    Yonas Geda    Mayo Clinic   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.