Geral
publicado em 02/05/2012 às 15h10:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Washington State University, nos Estados Unidos, descobriram que um composto encontrado no alho é 100 vezes mais eficaz do que antibióticos populares na luta contra a bactéria Campylobacter jejuni, que transmite doenças intestinais.

A descoberta abre portas para novos tratamentos para carnes cruas e processadas e para superfícies de preparação de alimentos.

"Esse trabalho é muito emocionante porque mostra que este composto tem o potencial para reduzir o número de bactérias causadoras de doenças no ambiente e em nossa alimentação", afirma o autor da pesquisa Xiaonan Lu.

Campylobacter jejuni é a causa bacteriana mais comum de doenças transmitidas por alimentos nos Estados Unidos e, provavelmente, no mundo. Cerca de 2,4 milhões de americanos são afetados a cada ano, de acordo com os CDC, com sintomas que incluem diarreia, dor, cólica abdominal e febre.

A bactéria também é responsável pelo desencadeamento de cerca de um terço dos casos de uma doença rara paralisante conhecida como síndrome de Guillain-Barré.

A maioria das infecções decorre do consumo de carne de aves crua ou mal cozida ou alimentos que tenham tido contato com outros contaminados através de superfícies ou utensílios usados para preparar aves.

Lu e seus colegas examinaram a capacidade do composto derivado do alho, o sulfureto de dialilo, para matar a bactérias que estão protegidas por um biofilme viscoso que as tornam 1 mil vezes mais resistentes aos antibióticos.

Eles descobriram que o composto pode facilmente penetrar o biofilme protetor e matar as células bacterianas através da combinação com uma enzima contendo enxofre, subsequentemente mudando a função da enzima e alterando o metabolismo celular.

Os investigadores descobriram que o sulfureto de dialilo foi 100 vezes mais eficaz do que os antibióticos eritromicina e ciprofloxacina e pode trabalhar de forma muito mais rápida.

A equipe adverte que o recente trabalho ainda está no estágio básico, bem longe de uma aplicação real. No entanto, eles acreditam que, no futuro, o sulfureto de dialilo pode ser útil na redução dos níveis da Campylobacter no meio ambiente e para limpar equipamentos de processamento industrial de alimentos, assim como superfícies de preparação de alimentos.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Infecção alimentar    alho    Sulfureto de dialilo    Campylobacter jejuni    Washington State University   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.