Ciência e Tecnologia
publicado em 20/04/2012 às 14h40:00
   Dê o seu voto:

Nova abordagem se mostra eficaz para tratar paralisia cerebral em coelhos

 
tamanho da letra
A-
A+

Tratamento medicamentoso baseado em nanotecnologia aplicado em coelhos recém-nascidos com paralisia cerebral (PC) conduziu a melhorias significativas na função motora e no processo inflamatório que desencadeou a condição nas cobaias. A abordagem foi desenvolvida por pesquisadores da Perinatology Research Branch of the National Institutes of Health, localizada na Wayne State University School of Medicine, e do Detroit Medical Center, nos Estados Unidos. Os cientistas responsáveis pelo projeto afirmam que os resultados encontrados sugerem que a aplicação da nova terapia logo após o nascimento tem potencial para minimizar a CP em humanos.

De acordo com informações publicadas pelo site Medical News Today, o estudo é o primeiro a mostrar que uma droga anti-inflamatória entregue com um nanodispositivos pode melhorar drasticamente os sintomas da CP em um modelo animal.

Filhotes de coelho tratados até seis horas depois do nascimento tiveram uma "melhora dramática na função motora" no quinto dia de vida, relata a autora principal do estudo, Sujatha Kannan. Os coelhos que nasceram imóveis por causa da paralisia se movimentavam em "níveis quase normais no quinto dia", destaca o pelo pedriatra envolvido no projeto Sidhartha Tan.

A droga usada foi uma comumente empregada para tratar pessoas com intoxicação por acetaminofeno (paracetamol), conhecida como N-acetil-L-cistina ou NAC, e foi dada em uma dose dez vezes menor. A dose menor foi bem sucedida porque o método de aplicação, que usou a nanotecnologia, facilitou a chegada do medicamento ao cérebro, desativando prontamente a inflamação.

Kannan explica que sua equipe usou coelhos como cobaias porque, assim como os humanos, seus cérebros se desenvolvem parte antes e parte depois do nascimento, enquanto a maioria dos outros animais nascem com suas habilidades motoras já formadas.

"Uma vantagem disso é que podemos testar tratamentos e olhar para a melhora na função motora usando este tipo de modelo animal", explica a médica.

Enquanto especialistas afirmam que levará anos até que se conheça totalmente esta abordagem, a pesquisa demonstra uma prova importante que a intervenção precoce consegue reverter o dano cerebral.

"A importância deste trabalho é que ele indica que há uma janela no tempo, imediatamente após o nascimento, quando a neuroinflamação pode ser identificada e quando o tratamento com um nanodispositivo pode reverter os efeitos da paralisia cerebral", conclui o co-autor do estudo, Roberto Romero.

Acesse aqui mais informações sobre o estudo.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Nova abordagem se mostra eficaz para tratar paralisia cerebral em coelhos
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Nova abordagem se mostra eficaz para tratar paralisia cerebral em coelhos


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
paralisia    paralisia cerebral    CP    a nanotecnologia cérebro    baseada em nanotecnologia de drogas    tratamento    coelhos    coelhos recém-nascidos    distúrbios do movimento    processo inflamatório   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.