Profissão Saúde
publicado em 18/04/2012 às 18h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Stanford University
Sistema Septris desenvolvido pela Stanford University School of Medicine, Califórnia
  « Anterior
Próxima »  
Sistema Septris desenvolvido pela Stanford University School of Medicine, Califórnia

Pesquisadores dos Estados Unidos desenvolveram um novo jogo online capaz de melhorar o diagnóstico de sepse por parte dos médicos.

O jogo, batizado de Septris, oferece uma forma para os profissionais testarem seus conhecimentos sobre a condição e pode ser acessado em um computador, smartphone ou tablet.

"Esta é uma forma mais versátil de aprendizado. É ótimo assistir a uma palestra, mas você tem que estar fisicamente lá e muitas vezes isso é passivo. Queríamos criar algo interativo e que pode ser feito a qualquer momento", afirma a pesquisadora Lisa Shieh da Universidade de Stanford.

Septris é baseado no jogo Tetris, lançado nos EUA em 1987. No Tetris, os jogadores tentam arranjar peças que caem em uma linha horizontal na parte inferior da tela.

O Septris apresenta imagens de desenhos animados de dois pacientes que caem do alto da tela a cada segundo que passa, como seus sinais vitais se deteriorando. Quando os jogadores tomam uma boa decisão médica, como a administração do antibiótico adequado, a imagem do paciente sobe na tela e sua saúde melhora.

O jogo conta com um personagem chamado Dr. Sepse que aparece na tela e parabeniza os jogadores quando eles tomam as decisões corretas sobre o tratamento. O objetivo do jogo não é apenas para manter os pacientes vivos, mas curá-los.

"A sepse é uma grande preocupação em todo o mundo, porque é um diagnóstico muito comum entre os pacientes e é realmente mortal", observa Shieh.

Todos os anos, cerca de 750 mil americanos desenvolvem sepse grave e a metade morre da condição, de acordo com o Instituto Nacional de Ciências Médicas Gerais.

Sintomas comuns de sepse incluem febre, calafrios, respiração rápida e frequência cardíaca, erupções cutâneas e confusão. Muitos destes sintomas, no entanto, imitam aqueles de outras condições, o que pode tornar a sepse difícil de diagnosticar em seus estágios iniciais.

Shieh e os colegas envolvidos na criação de Septris recomendam que os médicos pratiquem o jogo pelo menos uma vez, pois ele proporciona uma oportunidade de melhorar a identificação e o tratamento da sepse. No jogo, os pacientes que morrem voltam à vida com os mesmos sintomas, dando aos médicos uma infinidade de chances de salvar vidas.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Sepse    Jogo online    Septris    Universidade de Stanford    Lisa Shieh   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Sepse    jogo online    Septris    Universidade de Stanford    Lisa Shieh   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.