Ciência e Tecnologia
publicado em 17/04/2012 às 13h50:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: © Hübner GmbH
T-Cognition identifica produtos químicos, explosivos ou drogas, de forma rápida e sem contato
  « Anterior
Próxima »  
T-Cognition identifica produtos químicos, explosivos ou drogas, de forma rápida e sem contato

Cientistas do Instituto Fraunhofer, na Alemanha, criaram um espectrômetro de terahertz que permite detectar, de forma confiável, a presença de substâncias químicas.

A ferramenta torna possível diferenciar entre drogas, medicamentos e explosivos sem a necessidade de contato com as substâncias.

Segundo os pesquisadores o funcionamento é simples, colocam-se as parcelas suspeitas em uma espécie de gaveta e o dispositivo utiliza ondas de terahertz para determinar se elas contêm drogas, medicamentos ou explosivos.

"A maioria dos materiais dielétricos, tais como plásticos, vestuário ou papel, são transparentes às micro-ondas e também podem ser penetrados por ondas terahertz com uma redução comparativamente baixa", afirma o pesquisador Joachim Jonuscheit.

No espectro electromagnético, ondas terahertz podem ser encontradas na junção entre as micro-ondas e a radiação infravermelha. Ondas terahertz combinam os benefícios dos intervalos espectrais adjacentes: alta profundidade de penetração e baixa dispersão, acompanhadas por uma boa resolução espacial e a capacidade de identificação espectral de substâncias desconhecidas.

Como a radiação na faixa do infravermelho, ondas terahertz revelam a assinatura espectral de uma substância. O dispositivo de medição apresenta uma base de dados com as "impressões digitais" espectrais de materiais perigosos e pode ser estendida para incluir materiais adicionais em qualquer momento.

A ferramenta compara a impressão digital do espectro da substância ao analisar com valores em seu banco de dados e garante um resultado claro. O scanner funciona usando transmissão e análise de reflexão.

Os pesquisadores querem agora implementar a tecnologia nas indústrias de produtos farmacêuticos e produtos químicos. "Até agora, os fabricantes de produtos farmacêuticos tinham de preparar amostras extras se quisessem saber se a razão de mistura de um determinado medicamento estava correta, se o produto químico tinha a estrutura cristalina desejada, e se a qualidade estava certa. Dependendo da substância e do material em causa, o nosso dispositivo claramente detecta todos os produtos químicos necessários. Também fornece uma análise da razão de mistura de substâncias múltiplas", explica Jonuscheit.

A análise com ondas de terahertz também permite conclusões sobre a estrutura das substâncias cristalina. Por exemplo, é possível determinar se uma recristalização potencialmente indesejada aconteceu. "No futuro, isso pode poupar o tempo gasto pelos fabricantes de produtos químicos e farmacêuticos com a análise preliminar e a preparação de amostras", concluem os pesquisadores.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Espectrômetro    substâncias químicas    ondas de terahertz    Instituto Fraunhofer    Joachim Jonuscheit   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.