Geral
publicado em 16/04/2012 às 17h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Transplante adicional de medula óssea ajuda a impedir a rejeição de órgãos doados. É o que sugerem pesquisadores da Medical University of Vienna, na Áustria.

Em um transplante de órgão o receptor se protege com uma reação imunitária contra o órgão estranho. Esta reação é neutralizada em longo prazo com a utilização de drogas imunossupressoras.

No futuro, estes medicamentos podem não ser mais necessários. Segundo os pesquisadores, se a medula óssea pertencente ao doador também for transplantada, nenhuma reação imune ocorre. No entanto, esta abordagem ainda está associada a efeitos secundários indesejáveis.

A equipe de pesquisa, liderada por Thomas Wekerle, está realizando pesquisas sobre modelos de medula óssea, a fim de eliminar esses efeitos colaterais.

Estudos anteriores mostraram que os receptores tinham que ser submetidos à radiação de antemão e tomar citostáticos, substâncias sintéticas que suprimem o crescimento de células ou divisão. Um tratamento que está associado a náuseas, queda de cabelo, assim como uma redução dos glóbulos brancos e / ou vermelho no sangue.

De acordo com os pesquisadores, se essa toxicidade puder ser eliminada, isso seria revolucionário.

Os resultados das últimas pesquisas sugerem que esta revolução não está muito longe "Existem grandes avanços nesta direção, devido à utilização de células T reguladoras do destinatário. Estas são as chamadas células supressoras, um subtipo já conhecido das células T", afirma Wekerle.

O transplante de medula óssea adicional é conhecido como "quimerismo". O termo vem da quimera da mitologia grega, que era uma criatura híbrida.

Nesses casos, os pacientes ficam com duas medulas ósseas, a sua própria e a do doador. "Se a medula óssea do doador for transplantada com sucesso, o destinatário não identifica o órgão do doador como invasor. Consequentemente, a defesa imunológica do paciente não é ativada", explica Wekerle.

Segundo os pesquisadores, estudos-piloto iniciais com transplantes renais têm mostrado que este método é muito promissor.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Transplante de órgãos    medula óssea    Medical University of Vienna    Thomas Wekerle   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.