Ciência e Tecnologia
publicado em 13/04/2012 às 17h46:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores de Portugal relatam o desenvolvimento de teste mais rápido e barato para o diagnóstico da tuberculose. O projeto foi desenvolvido pelos cientistas. Pedro Viana Baptista, do departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa (UNL), e Miguel Viveiros, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da mesma instituição.

A equipe descobriu um sistema capaz de detectar o agente etiológico da tuberculose e as mutações mais frequentemente implicadas na resistência a antibióticos. "Dentro das problemáticas desta doença, um dos principais fatores de combate é a identificação da infecção, pois as técnicas de diagnóstico disponíveis são demoradas ou muito caras, além disso grande parte da ocorrência de tuberculose se concentra em países sem recursos financeiros. Além disso, a doença tem desenvolvido mecanismos de resistência que dificultam ainda mais sua detecção", diz Baptista.

No estudo, intitulado "Nano TB Nanodiagnostics for XDRT at a point-of-need", os pesquisadores utilizaram sistema de nanotecnologia para fazer um diagnóstico molecular e identificar a presença, ou não, do organismo e se tem padrão de resistência. "Utilizamos nanopartículas de ouro, que ficam estáveis e apresentam uma coloração vermelho rubi quando detectam a presença de DNA do microrganismo que causa a tuberculose e sequencias associadas à resistência a antibióticos", explica o pesquisador.

Na ausência do microrganismo as as nanopartículas não ficam estáveis e adquirem uma coloração azul.

Por serem necessárias apenas pequenas quantidades de nanopartículas é possível reduzir o custo da nova ferramenta de diagnóstico, levando em conta apenas o cálculo do custo direto, a técnica chega a ser dez vezes mais barata do que as disponíveis atualmente.

Os pesquisadores observam que o modelo de detecção já está em funcionamento e em fase de validação. A expectativa da equipe é que em alguns meses o teste esteja disponível em regiões onde se encontram as população mais afetadas pela doença. "O teste pode ser utilizado de forma descentralizada, em hospitais de campanha, independente de todas as tecnologias", explica Baptista, comparando o novo diagnóstico com os testes de gravidez que se compram nas farmácias.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a tuberculose persiste como uma das mais sérias doenças infecciosas em nível global, com cerca de 1,1 milhões de mortes e 8,8 milhões de novos casos em 2010.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Teste    Teste mais rápido    Teste mais barato    Diagnóstico    Doença    Tuberculose    Nanotecnologia   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
teste    teste mais rápido    teste mais barato    diagnóstico    doença    tuberculose    nanotecnologia   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.